Qual é a frequência com que você tem relações sexuais com o seu parceiro? Já parou pra pensar que a causa de seus problemas podem ser resolvidas na cama? Estudos revelaram que o sexo durante o casamento pode ser mais importante até mesmo do que o diálogo. Sim, estamos falando de #sexo e não de DR, ou seja, a discussão da relação. Não existe nada melhor no mundo para dissolver o estresse do dia a dia em uma boa relação sexual entre um casal que se ama, mas são poucas as mulheres que concordam com isso. É o que revela estudo feito, entre 60% e 70% das mulheres dos Estados Unidos, Reino Unido e na China revelam que preferem dormir do que fazer sexo.

Publicidade
Publicidade

No início do #Relacionamento o casal se encontra quase todos os dias e faz sexo diariamente são felizes, mas com o passar do tempo essa frequência vai diminuindo, mas não pela falta de interesse, mas, sim por um fator do tempo, a rotina.

Rotina essa que pode causar vários problemas no relacionamento, como estresse e as brigas que podem fazer com que o relacionamento de anos vá por água abaixo. Vários casais, hoje em dia, se encontram nesse estado, e acabam entrando em uma espécie de tristeza, abrindo assim portas para as traições. Mas será realmente possível encontrar uma matemática exata para resolver esse problema da frequência do sexo no casamento?

Em estudos realizados no Canadá, os universitários da faculdade de Toronto, descobriram uma forma de ajudar os casados nesse problema para melhorar a relação sexual entre os parceiros.

Publicidade

Uma publicação feita na revista "Social Psychological and Personality Science", escrita pela psicóloga Amy Muise, afirma que um casal pode ter pelo menos uma vez por semana relações sexuais e que já são o suficiente para que o mesmo não caia na mesmice, elevando o nível do relacionamento.

Este estudo durou por 40 anos. Isso mesmo, foram 40 anos para poder chegar a essa conclusão que contou com mais de 30 mil casais norte-americanos e constatou que um casal que faz sexo uma vez por semana estará mais feliz e com menos chances de #traição.