Desde criança, as pessoas aprendem que tomar #banho depois de comer faz mal, mas isso será verdade ou um mito? No verão, e com a temperatura mais quente, as pessoas vão a praia, piscina ou tomam banho de chuveiro várias vezes por dia, e sempre se escuta das mães, tias ou pessoas mais vividas que não se deve tomar banho depois do almoço ou jantar.

Mas por que isso? Na verdade, porque durante a digestão a circulação sanguínea está concentrada no aparelho digestivo, com o objetivo de absorver os nutrientes dos #alimentos. Se a pessoa toma um banho de praia ou piscina durante a digestão, poderá confundir o sistema digestivo porque o sangue, que deveria estar sendo utilizado para a digestão, irá cumprir outras funções, que seria o aquecimento do corpo e o movimento dos músculos.

Publicidade
Publicidade

O mesmo acontece com o exercício físico após as refeições, ou seja, ao aumentar os batimentos cardíacos, devido ao esforço, irá impedir que o sangue se foque apenas na digestão.

Há algumas exceções que se deve levar em conta, como o tipo de banho, a temperatura da água e a quantidade de comida ingerida. Abaixo, seguem algumas dicas bem importantes.

Existe diferença do banho na piscina, praia ou chuveiro?

Caso pretenda tomar um banho de chuveiro, o risco de congestão diminui, isto porque, a água irá correr pelo corpo e não é necessário forçar a respiração, como no caso da piscina ou praia, em que se pode mergulhar e fazer esforços com os braços ou pernas

O único risco que apresenta ao se tomar banho de chuveiro é o choque térmico e a duração do banho. Tomar banhos longos e quentes dilata os vasos sanguíneos da pele e, por sua vez, acaba também desviando o sangue do estômago.

Publicidade

Influência da temperatura da água

Caso o seu corpo esteja muito quente e for mergulhar numa água muito fria, enquanto está fazendo a digestão, com certeza o corpo irá entrar em colapso ao lidar com três tipos de problemas: regular a temperatura corporal, fazer a digestão e manter os músculos em atividade.

O mesmo acontece se o banho for muito quente, ou seja, o corpo, mais uma vez, vai tentar regular a temperatura e enviar uma maior quantidade de sangue para a pele, provocando um conflito na digestão.

A quantidade de comida ingerida

Durante a digestão dos alimentos, o estômago tem necessidade de uma maior quantidade de sangue para o progresso digestivo, como foi dito acima. Logo, quanto maior for a quantidade de comida ingerida, maior também será a quantidade de sangue necessário para executar a digestão. Por isso, se uma pessoa comeu muito, o melhor é esperar ao menos duas horas antes de se arriscar num banho, seja de piscina, chuveiro ou praia.

O importante é usar o bom senso; se está na praia, coma um sanduíche ou algo leve, aproveite o #verão, mas lembre-se que tomar banho após as refeições não é uma crendice popular criada por nossos avós, existe sim um perigo real.