Neste 21 de março, o tricampeão mundial de #Fórmula 1 #Ayrton Senna estaria completando 57 anos de idade. Ídolo de grandes pilotos da atualidade, como o também tricampeão Lewis Hamilton, o brasileiro morreu após um acidente no GP de San Marino, em 1994, quando sua William bateu violentamente em um muro da curva Tamburello.

Para lembrar o aniversário de um dos maiores ídolos que o Brasil já teve no esporte, listamos 30 curiosidades, fatos e polêmicas envolvendo a vida de Senna.

34 curiosidades sobre Senna

1 - Ganhou seu primeiro kart com apenas 4 anos, feito pelo próprio pai com um motor de um cortador de grama.

2 - Era chamado de “42” na época do Kart, em referência ao número que usava.

Publicidade
Publicidade

3 - Entre 81 e 82 foi bicampeão da Fórmula Ford, seus primeiros títulos na Europa.

4 - Em 1981 casou-se com Lílian de Vasconcellos Souza - o casameno durou apenas 8 meses.

5 - Em 1983 guiou pela primeira vez um carro de Fórmula 1, em um teste pela Williams.

6 - Estreou na Fórmula 1 em 1984, pela Tolleman.

7 - Sua primeira corrida foi o GP do Brasil, prova que abandonou na 8ª volta.

8 - Ainda em 84, chamou a atenção de todos ao conduzir o mesmo carro ao 2º lugar do GP de Mônaco.

9 - Estreou pela Lotus na temporada seguinte onde ficaria por três anos.

10 - Logo em sua segunda prova pela Lotus, venceu sua primeira prova, o GP de Portugal, também na chuva.

11 - Em 1986 vetou Derek Warwick para ser seu companheiro, alegando que a equipe não tinha condições de ter dois carros competitivos.

12 - Ainda em 86 fez testes em carro de Rally a convite de uma revista britânica.

Publicidade

13 - Em 1987 venceu pela primeira vez o GP de Mônaco.

14 - Em 1988 mudou-se para a McLaren.

15 – Sua primeira vitória pela nova equipe foi no Grande Prêmio de San Marino, curiosamente a corrida que viria a perder a vida em 94.

16 - Ainda em 1988 conquistou o primeiro título após vitória no GP do Japão.

17 - Na penúltima corrida de 1989 se envolveu na polêmica batida com Prost. O francês abandonou, enquanto o brasileiro conseguiu voltar, mas foi desclassificado em seguida e o titulo foi para o rival.

18 – No ano seguinte, na largada do mesmo GP do Japão, colidiu propositalmente contra a Ferrari de Prost, que havia mudado de equipe, levando o bicampeonato.

19 – Na temporada de 1991 venceu as quatro primeiras corridas do campeonato, recorde para a época.

20 – Dentre essas corridas, a segunda foi a do Brasil, onde finalmente pôde comemorar seu primeiro triunfo em casa.

21 – Na penúltima corrida da temporada, já com o título garantido, deixou o companheiro Berger passar na linha de chegada.

Publicidade

22 – Em 1992 conquistaria sua última vitória em Mônaco.

23 - Ao final de 92, a convite de Émerson Fittipaldi, testou um carro da equipe Penske na Fórmula Indy.

24 – Mesmo não sendo campeão, a temporada de 1993 é apontada como uma de suas melhores.

25 – Naquele ano venceu pela segunda e última vez o GP do Brasil.

26 – A corrida seguinte foi o GP da Europa, em Donington Park. Com muita chuva, Senna largou em quarto, caiu para quinto, mas antes do final da volta já liderava. O fato ficou conhecido como a volta perfeita.

27 – O GP da Austrália marcou alguns fins de era: foi a última vitória de Senna, bem como seu último pódio; a última corrida de Prost; e também a última vez em que os dois dividiram o pódio.

28 – O GP do Brasil de 94 foi seu primeiro pela Williams.

29 – Durante um treino do fatídico GP de Ímola, Prost falou ao vivo pelo rádio com Senna, que dava uma volta na pista. O brasileiro disse que ele estava fazendo falta na Fórmula 1.

30 - Eric Comas, piloto que Senna ajudou a socorrer após a batida em um treino, é o mesmo que aparece com seu carro quando a equipe de resgate está na pista socorrendo o brasileiro.

31 - Mais de 240 mil pessoas acompanharam seu cortejo.

32 - Senna era torcedor do Corinthians.

33 - Diversos ginásios de esportes, uma rodovia e uma estação de metrô são batizados com seu nome.

34 – Desde 1995 os carros da equipe Williams levam a marca do S do Senna em seus bicos como forma de homenagem. #Acidente