Falhar na hora H, ou a cientificamente conhecida disfunção erétil, pode aconteceu com qualquer pessoa e em qualquer lugar por variados e distintos motivos. Preocupação, bebida em excesso, cansaço, estresse, nervosismo, ansiedade, e o uso de alguns medicamentos são alguns dos principais motivos para a “falha” na cama.

Em alguns casos até mesmo o excesso de prazer e desejo acabam levando o homem a não conseguir “seguir em frente” com o sexo. Nesses casos, a mulher, muitas vezes, chega a interpretar que o problema foi com ela que acabou não sendo agradável suficiente para o parceiro. Já o homem acaba interpretando a situação de forma contrária, ou seja, que ela é mais do que ele daria conta na cama.

Publicidade
Publicidade

Só esses pensamentos, por si só, já são o suficiente em muitos casos por provocar a disfunção erétil.

Segunda a terapeuta sexual Arlete Gavranic, membro da Sbrash (Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana) e coordenadora de pós-graduação do Isexp (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática), não importa qual foi o motivo, para eles, essa situação sempre será um momento delicado e constrangedor, e que afeta de forma inexplicavelmente forte a virilidade masculina.

Os especialistas ainda alertam que os homens que se sentirem recriminados e condenados nesses momentos de disfunção erétil, correm um sério risco de desenvolverem disfunções sexuais mais graves e, em alguns casos, quadros elevados de depressão.

Portanto mulheres, todo cuidado é bem-vindo, se você fica sem graça nesse momento e também não sabe o que fazer, pode começar aprendendo o que não fazer, assim, já vai amenizar bastante a situação, vamos a elas:

1 – Não se irrite

Ficar irritada nessas ocasiões só vai aumentar os níveis de tensão entre o casal, então, nesses casos, o melhor é manter a calma e encarar tudo com tranquilidade e normalidade.

Publicidade

2 – Comparações

Frase como “Nunca brocharam comigo antes” são um verdadeiro balde de água fria para os homens, eles simplesmente detestam isso.

3 – Abandonar a cama

Jamais façam isso, pois a parceira, nesses momentos, é fundamental para demonstrar cumplicidade e carinho.

4 - Travar uma conversa sobre impotência sexual

Segunda as especialistas Karina e Arlete, isso só deve acontecer em caso que o problema sexual seja constante ou que o próprio parceiro levante o assunto, do contrário, jamais inicie esse tipo de conversa. #Curiosidade