Embora não exista um número máximo de vezes que uma pessoa possa se masturbar, especialistas concordam que o hábito, inofensivo e até benéfico em si mesmo, pode sair de controle - o que, aliás, é verdade quanto a muitos outros hábitos também. Segundo Dan Drakem, terapeuta sexual, quando o hábito do onanismo interfere negativamente na vida de uma pessoa, ele se tornou um problema. Então, indubitavelmente, é hora de dar uma parada e pensar bem no que fazer e tentar eliminar ou pelo menos reduzir dramaticamente a prática do sexo solitário. Recusar-se a enxergar a realidade e a fazer as mudanças necessárias na própria vida pode, como acontece com outros vícios, levar ao colapso gradual ou repentino da vida pessoa, que acaba soterrada pela dependência.

Publicidade
Publicidade

Entre os problemas que a #Masturbação fora de controle pode causar, podem ser citados os seguintes:

1 - Prejudicar a vida sexual

A masturbação pode ajudar o indivíduo a explorar sua sexualidade, descobrir mais sobre seu corpo e seus gostos e aumentar sua autoconfiança. Contudo, a pessoa pode se condicionar a atingir o clímax apenas de determinadas maneiras, o que pode complicar o sexo a dois. Além disso, a médio prazo, a masturbação diária, para os homens, pode limitar a produção de esperma, tornando-os menos férteis.

2 - Causar dores

Segundo o urologista Tobias Köhler, da Universidade de Southern Illinois, localizada em Illinois, estado americano, a masturbação excessiva pode causar dores a homens e a mulheres. Uma das causas, ele explica, é o atrito da mão nos genitais.

Publicidade

3 - Prejudicar a vida social

Outro sinal de que a masturbação e ocupando um lugar desproporcional na vida do indivíduo está fora de controle é deixar de fazer atividades necessárias, como trabalho, estudo ou refeições, ou atrasar-se para elas por causa do sexo solitário.

4 - Não conseguir parar

Se a pessoa não consegue diminuir a frequência do hábito para adequá-lo às necessidades de sua vida ou se seus pensamentos frequentemente se dirigem à prática, é bastante provável que já se trate de um vício. Isso é verdade com relação à masturbação como é com relação ao consumo de bebidas alcoólicas, por exemplo. #coisas