De acordo com um estudo realizado pelo site de relacionamentos e paqueras Badoo, publicado no portal Canaltech, 80% das brasileiras se interessariam por um homem que julgassem interessante no ambiente online, porém o número cai para 52% se estiverem pessoalmente com seus pretendentes.

Quando estão na frente dos monitores, sua timidez acaba totalmente, mas quando estão frente a frente não é bem assim que as coisas acontecem. O estudo que foi feito com 5.077 das mulheres de todo o país constatou ainda quais eram seus hábitos e suas estratégias nos seus relacionamentos.

Muitas mulheres têm algum tipo de estratégia que geralmente usam quando estão a fim de alguém.

Publicidade
Publicidade

Confira algumas delas:

1 – Obter informações por meio dos amigos próximos a ele

Informações sobre a pessoa que você está de olho nunca é demais. Quando uma mulher está interessada em um homem ela parte para as alternativas de amigos dele, buscando o máximo de informações sobre a pessoa desejada.

2 – Procurar nas redes sociais

Elas contam que, quando se é para obter informações sobre a pessoa que gosta, vale tudo, até mesmo fazer buscas em perfis do Facebook, Instagram e tudo mais. É só descobrir o nome que o resto a internet se encarrega de fazer.

3 – Pedir uma amiga para saber informações sobre o cara

Aquelas mais tímidas, muitas vezes, mandam suas amigas mais próximas dar aquela investigada pessoalmente sobre a vida do rapaz. Nome, sobrenome, idade e claro, se ele namora ou estar solteiro.

Publicidade

4 – Procurar se ele tem perfil na rede social de paquera Tinder

Tinder é um dos aplicativos mais conhecidos de #Relacionamento e, claro, elas procuram se seu pretendente está cadastrado por lá. Elas contam que muitas vezes têm "sorte" de achá-los.

5 – Ingerir mais álcool para tomar coragem e ir falar com o cara

Já que muitas delas não têm tanta coragem assim de chegar neles, acabam apelando para o álcool e, assim, tomando um pouco mais de coragem, contam que, na maioria das tentativas, os resultados são positivos, mas outras vezes, nem tanto. #Curiosidade