Relacionamentos repletos de omissões de verdades, desconfianças e dificuldades em reservar um tempo para se dedicar ao romance, podem ser algumas das causas que fazem muitos relacionamentos amorosos chegarem ao fim. Certamente encontramos inúmeras dicas sobre como evitar esses tipos de comportamentos em uma relação amorosa, porém nem sempre conseguimos colocar tudo isso em prática.

Existem muitos motivos pela qual um #Relacionamento chega ao fim, porém não devemos resumir esses motivos somente em alguns erros comuns que praticamos diariamente, alguns conflitos naturais também pode fazer com que a tão sonhada união se torne em um grande pesadelo na vida do #Casal.

Publicidade
Publicidade

Pensando nisso listamos 6 erros que podem destruir lentamente qualquer tipo de relacionamento, acompanhe e veja quais são:

1 - Se unir somente para não ficar só

Um relacionamento não vai mudar completamente esse sentimento, mesmo que muitas vezes achamos que a solidão existente seja culpa do parceiro que não está dando a atenção necessária que precisamos. Infelizmente é impossível se livrar da solidão através de uma união, isso pode fazer com que os momentos solitários sejam menores, porém se unir somente para não nutrir a solidão é um #Comportamento totalmente errado e destrutivo.

2 - Culpa

Normalmente culpamos nosso parceiro por algo errado que está acontecendo no relacionamento, sem parar para pensar que esse tipo de comportamento pode estar colaborando para que o relacionamento apresente ainda mais desentendimentos e brigas.

Publicidade

Durante essa fase, devemos observar cada erro cometido e abraçá-lo, aceitando o que está acontecendo e se unindo para tudo isso seja resolvido a dois, pois é assim que tem que ser um relacionamento amoroso.

3 - Compreensão

Ninguém é perfeito, nem mesmo você, por isso não cobre algo que seu parceiro não é capaz de ser ou fazer. Em um relacionamento amoroso devemos aprender a conviver com as imperfeições, pois só assim a vida a dois passará a ser harmônica e feliz.

4 - Filhos

Muitas pessoas acabam colocando os filhos em primeiro lugar, deixando o seu próprio casamento de lado, mas esse tipo de atitude está completamente errada, pois o casamento e filhos deveriam estar na mesma escala. Quando os filhos notam que estão em primeiro lugar, podem se tornar pessoas controladoras, fazendo o que bem entender, e quando se sentem menos importantes trazem estresse e discórdia no relacionamento dos pais. Quando um casal decide formar uma família, ambos devem estar dispostos a encontrar o equilíbrio certo.

Publicidade

5 - Poder

Muitos casais ainda insistem em tornar o próprio relacionamento em uma luta, na qual busca descobrir quem tem mais poder. Esse comportamento é realmente destruidor para qualquer relacionamento, e com toda essa desavença o máximo que conseguem é gerar uma grande distância, que certamente vai afastando cada dia mais o casal, até resultar em uma possível separação.

6 - Mudanças

Nós seres humanos estamos passando por mudanças diárias, e é por isso que não devemos nos unir a alguém somente pela personalidade atual que ela carrega ou pela maneira que você gostaria que ela se comportasse. Se unir a alguém é estar ciente de que o companheiro vai mudar, e você terá que saber como aceitar essas possíveis mudanças sem destruir o relacionamento.