Steve Jobs, o titã do Vale do Silício que fundou a Apple e, depois de um tempo fora da empresa, voltou para salvá-la da falência e transformou tablets e smartphones numa verdadeira revolução da eletrônica de consumo, costumava contar algo sobre seu pai adotivo. Ele, quando fazia cercas e armários para o lar deles, recusava-se a se descuidar do fundo ou da parte de trás de suas obras, seja usando madeira inferior, seja deixando de caprichar no acabamento, mesmo que estas partes ficassem escondidas.

Jobs contava que era esta filosofia de cuidado com a estética que ele adotava para os produtos da Apple. A filosofia de quem só consegue dormir à noite se foi até o fim na busca de qualidade.

Publicidade
Publicidade

A lingerie, tal como o fundo dos móveis, pode ficar escondida a maior parte do tempo, mas ainda assim vale a pena tomar certos cuidados básicos com ela e evitar os desastres estéticos que a maior parte das mulheres acaba por descuido impondo a si mesmas. Além disso, o conforto e a saúde também devem ser levadas em conta quando se escolhe uma peça de roupa íntima.

De acordo coma famosa marca d lingerie Florange, cerca de 80% das mulheres não encontram, facilmente, o seu verdadeiro tamanho de roupa íntima e cometem erros no momento da escolha. A seguir estão listados cinco erros comuns na compra de lingerie:

1 - Usar calcinhas de tecido sintético

O melhor é que as calcinhas para uso diário sejam feitas de 80% de algodão e 20% de elastano. Assim, elas poderão combinar conforto com a capacidade de manter sua forma.

Publicidade

Lingerie para ocasiões especiais pode ser toda de algodão.

2 - Ficar sem sutiã em casa

Embora seja compreensível a vontade das mulheres de chegar logo a casa e tirar o sutiã, pesquisas recentes indicam que isto pode ser uma má ideia. Segundo os pesquisadores, os seios sofrem mudanças grandes de tensão, podendo mudar ligeiramente de formato. A melhor escolha, ainda segundo os estudos, seria usar em casa sutiãs de grávida, que são bastante confortáveis.

3 - Usar fio dental com frequência

Apesar da predileção de muitas mulheres por estas ousadíssimas peças de roupa, o material de que são feitas geralmente atrapalha a transpiração, criando um ambiente propício para proliferação de microrganismos. O melhor é guardar este tipo de calcinha para ocasiões especiais.

4 - Errar nos tamanhos dos sutiãs

Além de observar o tamanho das copas da peça, é importante prestar atenção aos tirantes. Do contrário, corre-se o risco de comprar um sutiã cujos tirantes apertem muito ou fiquem muito folgados.

5 - Usar o tipo errado de sutiã quando está com as costas descobertas

Certos tipos de tops, além de biquínis e maiôs, exigem sutiãs específicos. Utilizar essas peças que deixam as costas descobertas com sutiãs comuns estraga o efeito. As alças, mesmo que sejam aqueles transparentes de silicone, não são para ser exibidas. #coisas #Mulher