Provavelmente, uma grande preocupação de muitas mulheres é saber se o relacionamento delas acabará na cama. As preocupações a respeito do que deve ou não ser feito podem fazer com que a pessoa fique bastante insegura na hora “H”, principalmente se tratando da #Primeira vez.

A psicóloga e sexóloga Carla Cecarello explicou vários fatores que são de suprema importância na noite que você for manter relações íntimas. Confira:

Se tem dúvidas, não vá para a cama

Primeiro, para que nada de errado acontece, você precisa estar totalmente segura daquilo que você estará fazendo. Você precisa saber se ele é realmente a pessoa certa para você, se existe alguma dúvida em relação ao fato de você se entregar para ele e, principalmente, se existe a possibilidade de haver algum arrependimento.

Publicidade
Publicidade

Se essas dúvidas a estiverem consumindo, o ideal é esperar um pouco mais de tempo antes de se entregar para essa pessoa.

Entretanto, se você acredita que esse momento realmente chegou, você precisa tomar conhecimento de algumas coisas que devem ou não serem feitas na hora “H”.

O que não fazer

Não é ideal que sua primeira vez seja dentro de um carro, com várias pessoas passando por ele a todo instante. Também é constrangedor se você optar por ter sua primeira vez dentro de casa, com seus pais por perto, você ficará sem liberdade.

Para que sua primeira vez não seja uma experiência frustrante, é ideal que vocês escolham um local tranquilo para que ambos estejam relaxados.

Técnicas para que o ato seja perfeito

Carla Cecarello diz que os movimentos, são instintivos e acontecem de forma natural.

Publicidade

Porém, algumas orientações, poderão evitar alguns constrangimentos.

Homens apressadinhos

De acordo com a sexóloga, em geral, os adolescentes estão com os hormônios a mil e a falta de preparo pode resultar em muita pressa na hora do ato, o que pode tornar essa experiência desconfortável tanto para a garota quanto para o garoto.

A mulher geralmente imagina essa situação como um momento romântico e é exatamente assim que algumas esperam que aconteça.

Ela quem manda

Os garotos precisam compreender que é a garota quem determina o tom da coisa. Se ela falar não, é não e pronto. Além disso, é extremamente necessário saber que se ela não estiver tranquila e relaxada, o ato será desconfortável e isso poderá transformar esse momento em algo ruim. #virgindade #sexo