Existem alguns momentos em que a sorte realmente bate na porta de muitas pessoas, seja em um jogo, uma rifa ou um achado misterioso, quando alguém encontra ou recebe algo inesperado pode se considerar um verdadeiro sortudo. Imprevisível, a sorte pode estar em qualquer lugar e há quem pague para ter alguns minutos de chance de ganhar algum dinheiro extra em um momento em que a sorte pode falar mais alto.

A exploração de minérios preciosos, por exemplo, pode ser uma questão de sorte para quem investe pesado na extração de minerais preciosos. Tudo pode dar maravilhosamente bem ou pode acabar tudo mal, com um prejuízo incalculável. Há quem arrisque bem menos que esses grandes investimentos para poder conseguir uma chance de explorar minerais preciosos, nem que seja por um instante.

É o que acontece em um parque no Arkansas nos Estados Unidos, onde qualquer pessoa que encontrar alguma pedra preciosa imediatamente torna-se dono dela. por apenas dez dólares, qualquer um pode visitar o parque e tentar a sorte de encontrar alguma pedra preciosa esquecida por ali após anos de mineração intensiva no lugar.

Os administradores do local informaram que 97 diamantes já foram encontrados no local por visitantes que pagaram quase quarenta reais para ter uma chance de colocar a sorte em prática. Foi o que aconteceu com Kalel Langford de apenas 14 anos enquanto passeava pelo parque Estadual Cratera dos Diamantes na companhia de seus pais e outros turistas no sábado (11).

O garoto estava no local procurando por alguma pedra preciosa quando encontrou algo que chamou sua atenção. Imediatamente Kalel chamou seu pai, que percebeu que a pedra que o menino encontrou brilhava aparentando ser um diamante. Só que um detalhe deixava os dois em dúvida, a pedra não era tão translúcida como outros diamantes e aparentava um aspecto amarronzado.

A família chamou responsáveis pelo local que rapidamente certificaram as desconfianças do menino, era mesmo um diamante a pedra que ele havia encontrado. Kalel encontrou um diamante de 7,44 quilates, quebrando o último record de 2015, quando outro visitante encontrou um diamante maior que do garoto, com cerca de 8,52 quilates.

A pedra encontrada pelo jovem entrou para a lista dos maiores diamantes já encontrados no parque. Segundo os funcionários do local, a pedra de Kalel é a sétima maior já encontrada entre as 97 que foram registradas desde que o local abriu o espaço para visitação de turistas. O valor do diamante encontrado é estimado em mais de 1 milhão de reais. #Curiosidade #Curiosidades