Algumas coisas na vida parecem muito simples, mas fazem a maior diferença, caso estejamos sem elas. Uma delas é a visão. Esse é um dos sentimentos que pode fazer a maior falta. Basta o leitor fechar os olhos e tentar andar pela casa. Mesmo conhecendo bem o ambiente, é bem provável que esbarre em algum móvel, por exemplo. Agora imagina passar uma vida inteira sem enxergar. Esse foi o drama vivido por Daniel. Após uma grave doença, ele passou a não enxergar mais. Mesmo assim, Daniel foi fazendo coisas importantes e comuns na vida de qualquer pessoa. Ele se casou e teve filhos.

No entanto, Daniel tinha um sonho, voltar a enxergar.

Publicidade
Publicidade

Ele já estava há tempo tempo na "escuridão", que pouco se lembrava de como o mundo era colorido e belo. Para reverter essa situação, o paciente recorreu a uma cirurgia e fez um pedido aos médicos. Ele queria que a primeira coisa que visse após 21 anos fosse a sua amada família. Mesmo isso não sendo um procedimento padrão, os profissionais da saúde acataram essa solicitação.

O resultado foi surpreendente e emocionante. O paciente, ao tirar a venda, fez cara de espanto. Sua esposa e filhas choravam copiosamente, como pode ser visto em um vídeo ao final dessa reportagem. A médica, que atendeu Daniel, também está emocionada, mas tenta cumprir o seu trabalho. Com uma das mãos, ela levanta um dedo, sinalizando o número 1. A médica quer saber se Daniel está mesmo enxergando. Para a felicidade de todos, o paciente agora não é mais cego e pode ver o mundo novamente.

Publicidade

Situações como essa nos mostram o quanto é importante dar atenção ao que parece pequeno, mas, na verdade, pode ser o mais fundamental ou esperado para outras pessoas, como foi no caso desse personagem.

Assista abaixo ao vídeo que mostra o homem enxergando sua família pela primeira vez. As imagens são realmente muito emocionantes e cativaram o mundo. Já imaginou se uma coisa dessas acontece com uma pessoa próxima a você? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes à sociedade.

#Curiosidade