Os preservativos têm uma função muito importante em nossa comunidade, embora algumas pessoas não gostem de usar, eles possibilitam que as pessoas possam ter relações sexuais com diversas pessoas sem ter o risco de contrair alguma doença sexualmente transmissível. Os preservativos também ajudam no controle da população de alguns países, ajudando no planejamento familiar, já que diminuem largamente o risco de uma gravidez indesejada.

O grande problema das camisinhas atuais é que a fina borracha impede que tenha um contato direto entre as partes genitais na hora do sexo, deixando menos atrativa algumas relações. Por esse motivo, muitas pessoas deixam de usa-lo e fazem sem, gerando diversos riscos a saúde, principalmente com a possibilidade da pessoa contrair "AIDS", que até hoje é uma doença que não possuí cura, apenas coquetéis que ajudam a manter o organismo protegido.

Publicidade
Publicidade

Porém, tudo pode mudar em breve. Três novos preservativos estão em desenvolvimento e devem ser usados daqui a alguns anos. O primeiro tem um modelo bastante diferente, em spray, isso mesmo, sem aquelas borrachas que impedem o corpo de sentir prazer. O produto está sendo desenvolvido por cientista em Nova York. A vantagem é que, além do prazer, não importa o tamanho do pênis para que possa usar o produto, porém, a desvantagem é demora um certo tempo para secar.

O segundo é um preservativo em borracha, porém, além de proteger contra as doenças sexualmente transmissíveis, ele também as identificam. Funciona assim: se a pessoa tiver herpes, seu #preservativo muda a cor para amarelo, azul se for sífilis e verde se for clamídia, o produto está sendo desenvolvido em um laboratório britânico e deve revolucionar o mercado.

Publicidade

A vantagem desse produto é que informa de forma instantânea, porém pode acabar com o clima.

Já o terceiro tipo de preservativo, terá sua diferenciação no modo em que ela reage. A camisinha dobrável diz seguir os movimentos do corpo durante uma relação sexual, a vantagem desse produto é que pode ser colocado facilmente no corpo, porém pode ser que a mulher veja como um brinquedo sexual a parte.

Ao que se sabe, tudo isso pode demorar um pouco, mas qual delas você achou mais interessante? Deixe sua opinião.