A disfunção erétil, ou como é popularmente conhecida “a falha na hora H”, pode trazer diversos problemas para autoestima do homem. O problema tem como causa diversas questões, e algumas sequer dependem da vontade do homem que está com o problema. Podemos apontar algumas causas, como, por exemplo, stress, depressão, ansiedade, idade, alguns medicamentos e ainda o uso de drogas e bebidas alcoólicas.

O famoso “broxar” é algo extremamente normal entre os homens, mas traz certo problema psicológico tanto para os homens quanto para as mulheres. Os homens, no momento em que tem a disfunção, podem sentir-se mal por não terem conseguido satisfazer a parceira.

Publicidade
Publicidade

As mulheres por sua vez, podem sentir-se culpadas pela disfunção do parceiro, chegando até mesmo a pensar que talvez o problema (que não é exatamente um problema) esteja nela. Para ajudar as mulheres a sentirem-se melhores diante de tais situações, separamos uma pequena lista com coisas que elas não devem fazer caso o parceiro tenha uma disfunção erétil na hora H.

  • Não fique irritada com o companheiro

Pelo fato das mulheres, algumas vezes, pensarem que o problema é com ela, elas acabam se alterando um pouco, podendo chegar até a dirigir palavras ofensivas contra o companheiro. Porém, isso pode acabar piorando toda a situação para o homem, pois, como já foi dito, este fato tem ligação direta com o nervosismo e uma discussão desencadearia tal nervosismo.

  • Não faça comparações

A última coisa que seu parceiro precisa ouvir após ter uma disfunção erétil é que ele foi o primeiro a te proporcionar tal experiência.

Publicidade

Ele também não quer saber se você já teve esse momento com outros homens, pois para ele isso pouco importa e ele não se sentirá melhor.

  • Não abandone o homem

Neste momento, o homem já se sente extremamente constrangido, portanto, suas tentativas devem ser para fazê-lo se sentir melhor, e não o contrário. Ir embora e deixar ele sozinho só reforçaria a ideia que ele está tendo, de que ele não consegue nada.

  • Iniciar uma conversa sobre o assunto

Claro que uma disfunção erétil que acontece com frequência deve ser conversada pelo casal, porém, o melhor momento provavelmente não é este, pois o homem já está muito constrangido e pode ser algo muito ruim fazer com que ele se constranja ainda mais. #Relacionamentos #Curiosidades