Muitos relacionamentos, que pareciam duradouros, acabam devido a falta de conversa, entendimento e disposição. E, sobretudo, quando estes três elementos envolvem os pequenos problemas de um relacionamento que parecia próspero. Afinal, são eles os terríveis problemas que levam ao término.

Os grandes problemas de cada um são visíveis. Entretanto, os pequenos problemas acabam surgindo, devagar, e permanecendo, sendo dificilmente corrigidos. Quer saber como enfrentá-los para não ter seu #Relacionamento terminado? Confira esta lista que separamos para você!

10 problemas comuns entre casais e como resolvê-los

1) Quando o homem não dá sinal de vida, de nada adianta ficar olhando o celular de hora em hora.

Publicidade
Publicidade

Aguarde um período longo de horas, e então faça uma ligação para saber como ele está.

2) Quando ele falar em demasia da nova colega de trabalho, questione com calma se ele gostaria de ouvir sobre seu colega de classe ou de trabalho. É incômodo, e dizer com calma dará o tom da sua intenção.

3) Quando ele esquecer uma data festiva, não esquente a cabeça. Não vale a pena perder uma data festiva com brigas. Adiante-se, e vá deixando pequenos bilhetes ou avisos pela casa e no celular.

4) Quando ele roncar, não seja rude. Converse calmamente, pois apneia do sono pode estar relacionado a um problema mais grave de saúde.

5) Quando ele tem filhos, é necessário entender os espaços. Não é necessário ser segunda mãe amorosa, mas sim ter claro respeito pelo filho e pela relação com o pai.

6) Quando ele ainda tem conta no tinder, mas vocês já saíram algumas vezes.

Publicidade

Pergunte se ele ainda tem intenção de sair com outras pessoas, ou se simplesmente esqueceu de excluir a conta do aplicativo. Tudo com calma, sem qualquer estresse.

7) Quando ele tem menos desejo sexual que você, aja da forma que gostaria que ele agisse com você. Pressionar apenas piora o problema.

8) Quando ele não largar o celular, passe a conversar com ele por mensagem de texto para que ele se atente em largar um pouco o telefone e ficar com a mulher amada.

9) Quando ele não diz “eu te amo”, não exija. É do tempo de cada um dizer as três palavrinhas. O que importa são as atitudes, e não a verbalização.

10) Quando ele chegar em casa um pouco bêbado, busque dar-lhe um banho frio, deitá-lo no sofá, deixar um balde do lado e saia de casa. Deixe-o sozinho com a dor de cabeça para refletir o quão tolo ele foi. #Briga #Comportamento