O ser humano é realmente muito complicado. Quando está só, quer alguém para ficar junto e quando tem alguém, dificilmente está satisfeito com a sua companhia. Por isso, relacionamentos, de um modo geral, são difíceis e geralmente resultam em brigas e discussões diárias.

Para o psicólogo americano John Gottman, relacionamentos são como uma ciência. O especialista já estuda sobre o assunto há 40 anos e depois de muito analisar certos tipos de relações amorosas, acabou descobrindo 4 tipos de comportamentos perigosos que são os principais causadores de divórcios entre casais. São chamados por ele de: ‘Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse’.

Publicidade
Publicidade

Confira quais são:

Desprezo

É quando um dos cônjuges vive se divertindo com o outro, seja em modo particular ou público. Os apelidos indelicados e insultos são frequentes e a opinião do cônjuge que está sendo insultado, pouco importa. Normalmente, o que despreza, é egoísta e se acha mais importante do que o desprezado e isso é altamente prejudicial para um #Casamento.

Crítica

Seja qual for o erro que o cônjuge cometeu, o parceiro que é crítico, fica extremamente irritado. E ainda vive relembrando situações parecidas do passado e como resultado, tudo o que o outro faz nunca está certo.

Ficar na defensiva

Um dos cônjuges está sempre achando que fez algo errado e, por isso, fica na defensiva, se comporta de maneira agressiva, mesmo antes de saber sobre a opinião do outro. Como resultado, o outro parceiro fica irritado com tal situação e tudo acaba em brigas e discussões.

Tentar evitar conflito

Com o pressentimento de que algo não vai bem e que brigas vão surgir, algumas pessoas preferem se precipitar e sair respondendo a ofensas que ainda nem existem, tudo sem nenhum sentido.

Publicidade

De forma alternativa, acabam ignorando o que o seu cônjuge realmente pensa. #Relacionamento #divórcios

Como corrigir tais comportamentos?

  • Procure não pensar nos conflitos de maneira solitária, tente resolver tudo em conjunto com seu cônjuge, sempre com o objetivo de buscar a paz entre vocês;
  • Busque assumir responsabilidades sobre seus atos, peça desculpas com mais frequência;
  • Não perca tempo com argumentos inúteis;
  • Gaste seu tempo com coisas mais agradáveis;
  • Use tons menos agressivos na hora de conversar;
  • Procure não multiplicar os problemas de vocês, ou seja, não faça ‘tempestade em copo d’água’;
  • Tente se colocar no lugar do outro e passe a ter mais respeito pelo seu cônjuge;
  • Lembre-se sempre de como vocês se amam e faça tudo em torno desse sentimento.