O sexo - e tudo aquilo que o envolve - ainda é cercado por muitos tabus e informações repassadas de maneira errada. Isso provavelmente se deve ao fato de que ainda há um enorme déficit na discussão deste assunto e uma grande falta de conscientização popular.

Há pessoas que lutam para mudar isso, para desmentir alguns mitos e para, principalmente, quebrar alguns tabus. Um grande responsável por isso é a #Ciência, que a cada dia busca ter mais e mais informações sobre sexo.

O assunto foi - e ainda é - tema de muitas pesquisas. Algo na relação sexual que interessa muitíssimo as ciências é o #orgasmo, um estado de clímax sexual.

Publicidade
Publicidade

Trouxemos uma lista com alguns mitos criados pela sociedade que foram desmentidos pela ciência, confira e surpreenda-se:

Orgasmos múltiplos

Muitas pessoas dizem que os orgasmos múltiplos femininos não existem, que na verdade se trata de um único clímax que foi dividido em etapas. Porém, estudos sobre o assunto indicam que sim, eles existem e que aumentam sua intensidade cada vez mais.

Tempo de um orgasmo

Enquanto acontece a sensação que temos é que a duração de um orgasmo é bem grande, mas o tempo médio é de apenas 5 a 15 segundos, nada mais que isso.

Mulheres também ejaculam

Muitas pessoas discordam dessa afirmação, mas é comprovado que cerca de 10% das mulheres liberam um líquido quando estão no clímax sexual. A origem e o motivo dessa ejaculação ainda estão em uma calorosa discussão entre os pesquisadores, porém os estudos que já se têm desmentem um grande mito: a ejaculação feminina não é urina.

Publicidade

Não é fácil identificar um falso orgasmo

Muitas pessoas dizem que reconhecem fácil um falso orgasmo, mas a identificação não é tão simples assim. Isso acontece porque o parceiro está totalmente excitado e envolto com a situação. Portanto, caso o homem perceba, pode ser um sinal de que ele não está tão envolvido assim.

O ambiente influencia muito

O orgasmo só ocorre se a pessoa estiver totalmente relaxada, o ambiente pode influenciar diretamente.

Ejaculação e orgasmo não é a mesma coisa

Muitas pessoas pensam que só atingem o orgasmo quando ejaculam. De fato, normalmente os dois ocorrem ao mesmo tempo, mas isso não significa que não pode haver um sem o outro. #Curiosidades