O abandono de animais, infelizmente, ainda é preocupante. A relação entre homem e animal remonta de mais de 10 mil anos, sendo que cães e gatos são os #Animais que mais preenchem emocionalmente as necessidades humanas.

A situação dos animais que vivem nas ruas no Brasil é muito delicada e representa até mesmo um caso de saúde pública, já que os bichinhos reviram o lixo e acabam pegando doenças contagiosas. Muitos deles vivem dias de fome, solidão e maus tratos e, sem terem feito nada, são abandonados por pessoas que não pensaram antes de ter um animal em casa.

O centro de zoonoses nem sempre consegue lidar com o aumento do abandono de animais domésticos nas ruas.

Publicidade
Publicidade

Nesse momento, aparecem as pessoas de bom coração que, muitas vezes, tiram da própria boca para alimentá-los, levando-os para casas de adoção até que eles encontrem um lar.

Um caso interessante aconteceu em um mosteiro na região de Cochabamba, na Bolívia. O mosteiro de São Francisco adotou um cãozinho que recebeu o nome de Frei Bigotón pelos monges do lugar.

Se antes o cãozinho não tinha motivos para se alegrar, agora até uma batina ele ganhou e passa os dias correndo, brincando e tomando água da fonte. São Francisco é conhecido como patrono dos animais, então nada mais justo do que adotar um bichinho para animar o local.

Esse simples gesto mudou totalmente a rotina do lugar. O cãozinho leva alegria e os monges até mesmo juram que ele segue os mandamentos de deus.

Publicidade

Se isso é verdade ou não, ninguém sabe, mas com certeza um animal tem a pureza e #Amor verdadeiros, capazes de perdoar tudo.

Quem nunca viu algum cachorro apanhando e logo depois caindo nos pés de seu dono todo amoroso? Isso mostra como o ser humano ainda tem muito a aprender. Frei Bigotón ganhou um lar onde todos o amam, ele até mesmo prega para os peixes.

“Aqui ele aparece pregando aos peixes, por exemplo” brinca um dos monges.

Os paroquianos incentivam mais igrejas e mosteiros a fazerem o mesmo, pois isso intensifica o trabalho no resgate e adoção de animais abandonados. #Curiosidades