Cada um possui a sua forma de lidar com a perda de algum ente querido que parte desta para melhor e ninguém pode julgar as atitudes dos outros. Alguns choram muito no dia e outros ficam de luto por anos, tudo porque a dor ainda é tão grande que é difícil seguir em frente após perder alguém querido. Mas, parece que nem todo #Mundo trata a morte da mesma forma e essas garotas mostram que a morte pode ser um momento de celebração de alegria também.

Em um vídeo que está viralizando na internet em todo o mundo após ser noticiado pelo jornal britânico Daily Mail, várias mulheres dançam em cima de um caixão rebolando e sensualizando em cima do morto.

Publicidade
Publicidade

O caixão está na rua e muitas pessoas acompanham o velório bizarro ao som de reggaeton e muitos sorrisos e diversão para quem deveria estar de luto. Parece que até a comunidade está comemorando a morte do homem que não teve sua identidade revelada.

As garotas rebolam e pulam em cima do caixão no meio da rua até que uma delas pede para alguém jogar água. O vídeo acontece na Venezuela e tem chamado muito a atenção de milhares de internautas. Duas meninas rebolam em cima do morto que parece ser uma pessoa bastante conhecida no local. Uma mulher até fica batendo na bunda de uma das dançarinas, enquanto dá alguns tapas também no caixão, será que ela queria acordar o morto?

As meninas rebolam tanto que todo mundo fica chocado com a performance das duas. Parece que elas queria homenagear o morto de uma forma alegre.

Publicidade

A mesma mulher que batia na bundas das garotas aparecem com um balde laranja e joga água em cima das meninas e no caixão, que está fechado desde o início do vídeo.

Vários povos e culturas distintas tratam a morte de forma bastante diferente. Na Tailândia, por exemplo, é comum as pessoas fazerem passeatas nas ruas quando alguém importante morre. Esse comportamento é o primeiro observado na Venezuela, onde mulhere festejam e dançam em cima do caixão de um homem morto.

Muitas pessoas acreditam que devemos tratar a morte como algo inevitável e sofrer o menos possível pode ser a chave para seguir em frente. Mas, alguns acreditam que não precisam ir tão longe assim, dançando e rebolando em cima de um caixão. Já imaginou se essa moda pega? Confira:

#Curiosidades