Não é de hoje que histórias engraçadas fazem sucesso e são disseminadas, mas a internet facilitou o processo, tornando-as coisa de alguns cliques. A web proporcionou o meio de prover estas histórias a um público insaciável.

Primeiro, vieram as páginas na internet e as famosas correntes de e-mail. Agora, as redes sociais tomaram um lugar de destaque neste processo de difusão de histórias.

Infelizmente, nem todas as histórias têm um final feliz - e isto é verdade até mesmo no subgrupo das histórias divertidas. Eis os lacrimosos desfechos de três histórias que fizeram o Brasil rir:

1 - O caso da Saveiro

Um sujeito foi flagrado no motel com a esposa de seu melhor amigo.

Publicidade
Publicidade

Ela disse que iria à manicure fazer as unhas, o que evidentemente não estava fazendo. Revoltado com a dupla traição da mulher e do amigo, o marido traído agrediu a esposa e danificou a Saveiro usada pela dupla de traidores.

O Gordinho da Saveiro, como o D. Juan do motel ficou conhecido nacionalmente, acabou perdoado por sua esposa. O casal até fez uma viagem ao exterior para esperar a fama indesejada dele passar.

Fabíola, a moça flagrada não cuidando das unhas, tem, segundo se noticia, se sentido deprimida e com problemas psicológicos, não conseguindo nem sair de casa. A empresa onde trabalha divulgou que daria o necessário apoio à funcionária.

O marido traído e o amigo que serviu de cinegrafista enfrentam complicações legais. O marido está sendo processado pela agressão e pode enfrentar problemas por ter destruído propriedade alheia.

Publicidade

Além disso, ele e o cinegrafista estão sendo processados por terem feito e divulgado as imagens, em prejuízo da reputação de Fabíola, além de serem acusados de vazar imagens íntimas do casal em seus amores clandestinos.

Somando todas as punições aplicáveis, o marido traído pode pegar mais de quatro anos de prisão e ser forçado a pagar mais de R$ 100 mil em indenização.

2 - A noiva rejeitada do ABC

Sentindo que Bruno já a havia enrolado por tempo demais depois de cinco anos, uma moça tomou uma medida aparentemente romântica, algo que poderia ter acontecido em um filme de Hollywood. Foi para frente do bar que o rapaz frequentava na Rua das Figueiras, na cidade de Santo André, na região do ABC paulista, vestida de noiva.

Ficou diante de um outdoor com a pergunta "Quer casar comigo, Bruno?" e esperou pela resposta do rapaz. Evidentemente, isto atraiu a atenção dos transeuntes, que foram se juntando na frente do estabelecimento.

Infelizmente, Bruno detestou a surpresa. Para consternação dos presentes, saiu do bar irritado e, embora no vídeo que viralizou fosse impossível ouvir o que dizia, seu semblante e os gestos que fazia indicavam que reclamava e chamava a moça de doida, fugindo às tentativas de carinho dela.

Publicidade

Depois do bate-boca, retirou-se. Pouco depois, voltou e arrastou a noiva para seu carro e partiu de lá. A briga interrompeu temporariamente o trânsito no local.

3 - O chefe generoso se deu mal

Dan Price, presidente e fundador da Gravity Payments, empresa de processamento de compras pagas com cartão de crédito, ganhou manchetes pelo mundo por ter garantido a seus funcionários salários de pelo menos R$ 20 mil reais. Para isso, cortou seu próprio salario e abriu mão de seu bônus.

Poucos ficaram sabendo que o irmão dele, Lucas, dono de 30% da empresa, não gostou da ideia e processou Dan Price. #Humor