Embora não seja comum no Brasil, em alguns países quando um automóvel já não está bom para o suo, seus donos costumam lançá-los em rios e lagos por todos os lados. Essa prática é comum em diversos países, sobretudo s europeus, onde carros antigos se desvalorizam rapidamente, sendo inviável até manter o veículo em casa parado. Evitando novos gastos, muitas pessoas acabam atirando seus veículos que já não prestam para dentro de lagos e rios, como um espécie de ritual entre abandonar o velho carro e adquirir um novo veículo.

Imagine então como deve ser para alguém apaixonado por automóveis encontrar uma raridade debaixo das águas de um lago? Foi assim que um homem descobriu uma velha Kombi dentro de um lago na Noruega, no norte da europa.

Publicidade
Publicidade

O veículo foi jogado ali pelo seu antigo dono em 1973, passando 36 anos submersa em água gélida do lago em que a kombi foi lançada há anos atrás.

O antigo dono adorava sua Kombi, modelo de 1958, quando um problema no veículo fez ele decidir jogar o carro no lago. Segundo o dono que foi localizado, foi um problema na transmissão que fez com que ele desistisse da Kombi, já que para consertar o veículo, na época, ficaria mais caro que comprar um novo.

Essa prática era bem comum também na Noruega, que teve diversos veículos lançados em rios e lagos espalhados no país. O homem que encontrou a Kombi ficou tão feliz com o achado que logo foi procurar o dono, para que o veículo fosse retirado do fundo do lago. O homem encontrou o veículo em 2003, mas somente agora pode resgatar a Kombi, pois precisava de uma autorização de seu antigo dono, que não queria mais saber sobre o veículo.

Publicidade

Para surpresa do homem, o carro estava muito bem conservado, embora debaixo d’água, o veículo apresentava uma ferrugem bastante superficial, o que viabilizou ainda mais o restauro do modelo antigo da Kombi.

E o novo dono tem muitos motivos para comemorar, já que apenas um amassado na frente do veículo será o seu maior gasto na restauração da Kombi. O homem não teve que pagar nada pelo veículo, apenas a transferência para seu nome. Após reformada, a Kombi pode valer até 200 mil reais, sendo um verdadeiro tesouro para esse homem que encontrou a Kombi submersa no lago.

#Curiosidades