As causas que levam as pessoas a traírem a quem juram #Amor eterno podem variar, afinal, cada relacionamento tem seus problemas, mas trair seria a melhor solução? Alguns traem por serem curiosos e necessitam descobrir como é o sexo fora do casamento, outros procuram apenas uma diversão. Outros buscam a autoafirmação. Cada caso tem seu motivo, mas quem trai é sempre culpado, mas as razões que o levaram a chegar neste ponto podem revelar muita coisa sobre o relacionamento do casal.

Pode ser emocional o motivo de uma traição

  • Inúmeros motivos levam à #traição, entre elas, autoafirmação, insegurança emocional, medo e autoestima baixa. Algumas pessoas precisam mostrar que são importantes, desejadas e amadas. Pessoas que agem dessa forma, geralmente, em algum momento da vida, foram rejeitadas, criticadas ou houve falta de estimulo na infância;
  • É bem normal pessoas que presenciaram atos de traição na família, repetirem o comportamento;
  • Problemas na vida a dois: alguns os homens ou mulheres acham que trair é uma boa recompensa pelos problemas que enfrentam;
  • Muitos são medrosos e têm medo de terminar a relação;
  • Ausência de afeto na infância: pode ser um dos motivos, de buscar afeto através da traição;
  • Falta de responsabilidade: já que casar exige maturidade e compromisso. Algumas pessoas não sabem seguir regras e enfrentar problemas, apenas tentam fugir das responsabilidades;
  • Outros desejam um motivo para sair da relação, simplesmente traem para que o outro descubra, e termine o relacionamento;
  • Busca da "tal liberdade";
  • Muitos acham que um relacionamento virtual não é traição.
  • Já para algumas pessoas sexo é uma fonte instintiva e insaciável, por isso necessitam de novos parceiros para saciar seus desejos;

Quem trai mais o homem ou a mulher?

Quando se fala em traição, normalmente pensamos nos homens, e achamos que eles são sempre os infiéis.

Publicidade
Publicidade

Mas, de acordo com uma pesquisa realizada pelo site "Female First", as mulheres têm mais propensão a entrar num relacionamento extra-conjugal.

Segundo o estudo:

  • 4 em cada 10 mulheres entrevistadas admitiram já terem vivido um caso extraconjugal;
  • Nos homens a porcentagem foi de apenas 12%;
  • 85% das entrevistadas confessaram pensar em trair e consumaram o ato;
  • Sendo que a proporção foi exatamente inversa com os homens.

Estes resultados são o oposto do que todos pensavam, mas demonstram que as mulheres são mais honestas ao revelar seu deslize. #Relacionamentos