O que você imagina quando pensa em comerciais de cerveja? É provável que ainda lhe venha à mente uma imagem de uma mulher bonita e curvilínea em algum situação sensual e com pouca ou quase nenhuma roupa.

Muito embora algumas marcas de cerveja tenham reduzido o apelo erótico e objetificação feminina em seus comerciais devido a forte pressão por parte dos consumidores, sobretudo mulheres, que demonstravam insatisfação com o conteúdo desse tipo de publicidade, houve um tempo, há apenas algumas décadas, em que a imagem de uma mulher sensual era praticamente a única coisa que poderia servir para vender cerveja em todo o território nacional.

Publicidade
Publicidade

Este conceito, além de raso de criatividade, se mostraria bastante equivocado, uma vez que grande parte do consumo de cerveja hoje provém do público feminino; um fato que também seria bastante mal interpretado por uma marca, que tendo este dado em vista, apostou na abordagem diametralmente oposta - e igualmente equivocada - ao lançar um rótulo especialmente para as mulheres, uma versão mais doce e suave da cerveja convencional. Um tiro no pé, já que a mulher que bebe cerveja obviamente o faz porque gosta do sabor da bebida, sem precisar que esta seja suavizada para seu paladar e sem a necessidade da segmentação, tida como sexista e desnecessária.

Algumas das marcas do segmento já produzem comerciais cada vez mais criativos, humanos e livres de esteriótipos e segmentações de gênero, e suas campanhas vem servindo de exemplo para muitas outras.

Publicidade

Outras marcas, no entanto, ainda estão presas na década de 90 e carregam consigo o que seriam premissas rasas de feminismo, ao exibir as mesmas garotas-propaganda objetificadas, mas dessa vez em papéis de menor submissão.

Outros produtos do gênero alcoólico também tem sua publicidade menos focada na objetificação feminina, porém muitas vezes se mantém engessados à temáticas óbvias e pouco criativas.

Mas como eram as propagandas de bebidas alcoólicas antigamente?

Confira abaixo alguns impressos publicitários voltados à venda de bebidas alcoólicas; não há informações exatas das datas de divulgação desses impressos, mas eles são, com toda certeza, verdadeiras obras de #Arte!!

#Cultura #Curiosidades