O melhor jeito de se divulgar algum produto é através da propaganda comercial, com a qual é possível que o produto entre na mente de centenas e pessoas e as faça pensar no produto, mesmo que não estejam vendo.

As propagandas comerciais tem diversas categorias e são usadas para várias coisas, como para promover campanhas sociais, por exemplo as campanhas de ajuda aos hospitais de câncer. Para conscientizar a população, essa é muito usada pela televisão, as mais feitas são sobre o álcool com a direção e combate às drogas. Principalmente para divulgar e vender produtos, é nessa categoria que a maioria dos #comerciais se encaixam.

Publicidade
Publicidade

Fazer um comercial exige muito estudo de marketing e de psicologia, pois em um grande anúncio, como os que aparecem em televisão aberta, tem vários fatores que são levados em consideração, como o valor gasto. Para uma campanha em televisão aberta, os gastos para ocupar 10 segundos da programação é muito elevado, por isso deve ser aproveitado cada segundo que estiver no ar. Geralmente quem está assistindo o comercial está mais preocupado com a programação, por isso é necessário que a propaganda capte a atenção do telespectador nos primeiros segundos. E informação, o conteúdo deve sempre ser algo claro e interessante, para que além de chamar a atenção de quem vê, fazer entender sobre o que se trata e, principalmente, faze-lo guardar a informação em sua mente, sendo assim, quem vê consegue espalhar as informações que viu de forma clara, sendo mais fácil conseguir outros admiradores do produto e, consequentemente, mais compradores.

Publicidade

Mas como em todas as profissões, no marketing só conseguem se dar bem, aqueles que têm criatividade e bom humor. Com estes dois requisitos, é possível fazer o telespectador, além de ver o produto e entende-lo de forma clara, dar boas gargalhadas, relacionando assim, o comercial com o bem estar e felicidade.

A seguir você verá os comerciais mais engraçados já feitos até hoje, nos quais o produtor usou todas as ferramentas possíveis para entrar no subconsciente do telespectador e divulgar o que estava vendendo.