Por mais madura que seja, uma pessoa dificilmente sabe diferenciar sentimentos e, entre eles, os mais difíceis de serem decifrados são, com certeza, o ‘amor e a paixão’. Para cada um deles, nos comportamos de um modo e, segundo o neuropsicológico da Clínica de Cefaleia, Fábio Roesler e, o neurologista Dr. Edgard Raffaeli, existem essas diferenças sim.

“O #amor está relacionado a um sentimento bonito, estável, enquanto a #paixão domina nossos pensamentos, é tida como arrebatadora, e, muitas vezes, sofrida”, explicaram os especialistas no assunto. Ainda pelo que ensinaram, a paixão, nos tempos medievais, era considerada uma doença, porém, para as pessoas mais românticas, era uma forma única de ter experiências amorosas.

Publicidade
Publicidade

Por isso, é difícil estabelecer qual sentimento tem mais valor do que o outro, isso porque cada um deles possui suas particularidades igualmente importantes.

Definição de paixão

Uma das principais características de uma pessoa apaixonada é querer ver na outra tudo o que deseja que ela seja e não o que realmente é. Ou seja, a pessoa – objeto de desejo – se transforma em um personagem imaginário dos sonhos da que está apaixonada.

Ainda, segundo os especialistas, embora as pesquisas apontem que a paixão costuma durar pouco, ainda assim, não é possível determinar quanto tempo ela vai durar especificamente, já que cada caso é um caso e cada história ocorre de um modo muito particular.

Definição de amor

Pelo que os doutores definiram, chega uma certa hora que a paixão se transforma em amor. Esse sentimento, é mais duradouro, ou seja, permanece por um período mais longo na vida de uma pessoa.

Publicidade

E quando isso ocorre, geralmente, a fantasia que uma pessoa tinha sobre a outra é quebrada e, a realidade vem à tona. Ou seja, todas as expectativas que uma pessoa tinha do(a) parceiro(a) ficam de lado e ela passa a enxergar a pessoa como ela é de verdade.

Quando alguém ama, ele enxerga o outro com suas virtudes, mas também com seus defeitos e isso não o faz deixar de amar, mesmo sabendo que tal pessoa não é perfeita. Daí então que surge a expressão: ‘amar incondicionalmente’, ou seja, independentemente de qual for a condição. #diferença