Atualmente, torna-se cada vez mais difícil manter um relacionamento duradouro e saudável. Tanto homens quanto mulheres parecem se mostrar menos pacientes com seus companheiros e acabam terminando o #namoro por quaisquer deslizes. Outro fato que talvez possa estar contribuindo para o término prematuro das relações são as #Redes Sociais. Através dessas redes, fica bem mais fácil encontrar um parceiro ou parceira que compartilhe das mesmas opiniões e gostem das mesmas coisas que você.

O WhatsApp é um exemplo dessas redes. Através desse aplicativo é possível conversar com pessoas em qualquer lugar do mundo. No entanto, não são todos os usuários que se utilizam desse software da maneira correta.

Publicidade
Publicidade

Muitos se esquecem o quão popular essas redes são e acabam exagerando durante a troca de mensagens.

Um exemplo de como não se utilizar dessas redes sociais foi divulgado recentemente no Facebook. Um rapaz que não teve seu nome divulgado decidiu enviar uma mensagem para uma moça mostrando sua admiração por ela. “Oi delícia”, escreveu ele. Ao contrário do que pode se pensar, o rapaz não ficou no “vácuo”, todavia, a resposta que ele recebeu não era bem da pessoa que ele esperava. Quem viu a mensagem foi o namorado da moça e tratou logo de esclarecer que ela já era comprometida. “Delícia? Você sabia que essa delícia namora? E aqui é o namorado dela”, escreveu o outro rapaz demonstrando não ter gostado nem um pouco do que leu.

Para qualquer outra pessoa nessas mesmas circunstâncias, a esperança de se manter um contato com a moça havia terminado nesse instante. Todavia, não para esse rapaz. Mesmo sabendo que havia sido descoberto pelo namorado da moça decidiu da continuidade ao assunto.

Publicidade

“Opa (risos). E aí namorado dela. Fala para ela que ela é uma delícia”, escreveu o rapaz demonstrando não se importar com uma possível reação do namorado.

O WhatsApp, assim como outras redes sociais, são ferramentas de grande importância em nosso convívio social. Todavia, conversas como essas nos mostram que esses aplicativos devem ser utilizados da melhor maneira, evitando assim exposições desnecessárias, como aconteceu nesse caso.