Muita gente tem #Curiosidade sobre um assunto, a origem do próprio nome ou sobrenome. Na internet, há muitas maneiras de descobrir isso. Uma delas é o Forebears, um enorme portal que mais parece um cartório online. De acordo com informações do portal 'Techtudo', em reportagem feita nesta terça-feira, 28, o objetivo do Forebears é ser um portal de genealogia, ajudando assim milhares de pessoas a saberem de sua origem. Dessa forma, o site ajuda as pessoas a saberem, por exemplo, de onde veio o sobrenome delas. Além disso, o portal apresenta quantas pessoas foram registradas com aquele sobrenome do país escolhido pelo internauta. Há ainda outras listas curiosas, como, por exemplo, os 200 sobrenomes mais usados em cada país.

Publicidade
Publicidade

No Brasil, não é de espantar, o mais usado é o Silva, com mais de cinco milhões de menções. Atualmente, de acordo com o IBGE, há mais de 200 milhões de brasileiros no país. Além disso, ele traz dados curiosos, como a "fama" de cada família em várias regiões do mundo e mais informações sobre genealogia. Ao pesquisar, por exemplo, o sobrenome 'Borges', nossa equipe se deparou com informações como pessoas célebres dessa família ao longo dos anos. E não para por aí, tem até as profissões mais comuns naquele sobrenome pesquisado. Assim sendo, há quem possa usar o Forbeans para ter certeza se a pessoa que está pode mesmo dar uma família de sucesso. É claro que, apesar das estatísticas exibidas, nada é 100% de certeza.

O funcionamento do site é muito simples e divertido. Primeiro você acessa o portal e, em seguida, já digita o sobrenome que pesquisa.

Publicidade

Em seguida, você escolhe o país que quer pesquisar. O Brasil é apenas um de uma lista de infinidades que podem ser analisados. De acordo com os inventores da plataforma, as informações que estão online são públicas e foram conseguidas em bancos de dados abertos. Os recursos, para lá de divertidos, garantiram bastante popularidade ao site nos últimos tempos.

Veja abaixo como acessar o site que é um verdadeiro cartório online:

E aí, o que achou da novidade? Deixe seu comentário. A sua opinião é sempre importante e ajuda no diálogo. #Tecnologia