As #salsichas que compramos no mercado e usamos em várias receitas, como os populares cachorros-quentes, são feitas com restos de carnes diversas. Esses restos, são partes descartadas na produção de outros alimentos pela indústria, conhecidos como "aparas". O que é na verdade um nome mais educado, para não parecer grosseiro chamar de restos, quando se refere à produção das salsichas.

As aparas são cartilagens, gorduras e outras miudezas, que sobram das carcaças de animais como vacas, aves e porcos, além do uso de outras partes como cabeça, patas de animais, peles, fígado, sangue, pescoço e demais partes comestíveis do abate, nada se perde, é tudo reaproveitado na produção do alimento.

Publicidade
Publicidade

Essas aparas são pré-cozidas em alta temperatura, de 65ºC a 90ºC, de acordo com o tipo de #carne utilizada na fabricação. A fervura também ajuda a retirar os diferentes tipos de bactérias que podem acabar proliferando nos pedaços descartados.

A segunda etapa de fabricação consiste em fazer um tipo de "massa de carne", que ,depois de cozida, é misturada a vários produtos, então é moída e misturada, formando a massa. Esses produtos são sal, temperos, xarope de milho, amido e água. Aí a carne começa a tomar a forma que conhecemos, embutidas nas embalagens de celulose.

Na parte final da produção, é realizada a defumação das salsichas e embalagem.

Veja nos 2 vídeos como é preparada toda a produção.

Algumas pesquisas dizem que carne processada, como a salsicha, pode aumentar o risco de morte prematura.

Publicidade

Muitos produtos químicos misturados na preparação, chamados de nitratos e nitritos, podem ser fatores que contribuem para a causa de câncer. Outros produtos que são usado nas salsichas são os chamados "haems", que irritam ou danificam algumas células que revestem o intestino, aumentando também o risco de desenvolver câncer. Essa combinação e o alto teor de gordura e sal, levaram especialistas a sugerir o fim do consumo das salsichas e até mesmo de carne processada.

Para manter sempre uma boa alimentação, opte por outros alimentos, como frango ou peixes. #Saúde