Um vídeo gravado supostamente em um IML (Instituto Médico Legal) de Cuiabá, na capital do estado do Mato Grosso, trouxe "medo" e "pavor" ao ser divulgado intensamente nas redes sociais e tornando-se, até mesmo, viral na web. O vídeo do suposto "fantasma" se manifestando durante a noite, foi trazido a público nesta terça-feira (14). Internautas ficaram estarrecidos ao assistirem às imagens, através da rede social do Twitter. Entretanto, as investigações dão conta de que a gravação, na verdade, foi realizada bem longe do IML de Cuiabá, na cidade de Araucária, região metropolitana de Curitiba, no estado do Paraná.

As suspeitas de início, apontam que um segurança do Instituto Médico Legal de Cuiabá teria gravado o vídeo.

Publicidade
Publicidade

Porém, segundo as investigações, as imagens foram realizadas no Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC), na cidade paranaense de Araucária, na Grande Curitiba. A informação foi confirmada pela própria instituição, porém, uma sindicância será aberta para analisar a veracidade do vídeo.

Imagens assustadoras

No vídeo gravado pelo segurança, é possível ver filmada a porta de um hidrante que fica batendo de forma violenta e ininterruptamente sem qualquer ação humana, bem ao final de um corredor escuro, com pouca iluminação. A luz do local torna-se totalmente instável, fazendo com que a lâmpada fique piscando a todo momento. O segurança carrega tão somente uma lanterna, acompanhado de outa pessoa que capta as imagens do ambiente. Os usuários do Twitter, começam então, a levantar várias teorias na rede social, a respeito da suposta ação #sobrenatural.

Publicidade

As postagens se proliferam nas redes sociais. Um dos internautas relata ironicamente, que "o IML de Cuiabá tirou seu sono e que iria pesquisar fotos de cachorrinhos para se tranquilizar".

A Prefeitura de Araucária (PR) irá abrir uma sindicância para investigar o ocorrido. As imagens geraram medo e desconfiança. Já nesta terça-feira pela manhã, uma reunião foi realizada para que possa se verificar a veracidade das imagens. Segundo a assessoria de imprensa do órgão municipal, os seguranças que gravaram o vídeo, trabalham somente no período noturno e ainda não haviam sido contactados.

#mistério #Terror