Embora a intimidade possa dar às pessoas liberdade para fazer #coisas que eles não fariam diante de seus parceiros sem ela, há limites. E existem comportamentos que causam péssima impressão e desapontam as pessoas, inclusive - e talvez principalmente - as mais próximas. Entre os comportamentos que uma #Mulher deve evitar diante de um homem em quem ela esteja interessada, estão os três listados a seguir:

Publicidade

1 - Mentir

Mentir é um comportamento que solapa a confiança em que um relacionamento afetivo é necessariamente baseado.

Publicidade

Uma mentira é uma traição ao parceiro e deve ser evitada. Descoberta, poderá fazer com que ele deixe de acreditar no que ela diz e nos sentimentos que ela expressa. A honestidade é, no relacionamento romântico como em tudo mais na vida, a melhor política a seguir. Agir de maneira honesta, fornece a base sólida e resistente de que uma relação duradoura precisa.

2 - Tratar mal os amigos dele

Mesmo que a mulher não goste deles, eles são parte importantes da vida do homem. O mínimo que se pode esperar é que sejam tratados de forma educada e gentil - não é necessário fingir entusiasmo por eles, apenas tratá-los com gentileza.

Ficar falando mal deles ao namorado ou cônjuge só vais servir para criar um clima ruim com ele e magoá-lo. É melhor seguir o velho conselho materno e, se não tiver nada de bom para falar deles, ficar quieta.

3 - Agir de forma grosseira.

Publicidade

Parodiando Vinícius de Moraes, que as mal-educadas perdoem, mas boa educação é fundamental. Por maior que seja o grau de intimidade entre um homem e uma mulher, ele não deveria vê-la agindo de maneira grosseira, mesquinha, rude. É necessário saber lidar de forma elegante e calma com as pressões e vicissitudes que a vida impõe.

A falta de decoro e de autocontrole tem um efeito muito negativo, causando uma péssima impressão no homem, que provavelmente pensará que, se ela age de forma rude com os outros, provavelmente fará pior com ele. Afinal, sabe-se muito bem que, infelizmente, muitos indivíduos fazem frequentemente a seus parceiros grosserias que, por puro respeito pela opinião alheia, não faria a pessoas com quem não têm intimidade.