Fazer sexo, claro, é - ou pelo menos tem o potencial para ser - uma experiência maravilhosa. Embora tanto #sexo quanto amor possam ocorrer na ausência do outro, pode-se argumentar que é bem melhor quando ambos, amor e sexo, manifestam-se concomitantemente, na mesma relação e ligando os mesmos indivíduos. Nesse caso, há algo a mais no sexo que não é "só" satisfação do desejo sexual, algo a mais que é estimulado pela afeição existente entre dois indivíduos.

Publicidade

Embora não dê para ler a mente de outro ser humano e seja difícil descobrir o que ele realmente sente (e nem sempre dá para confiar nas palavras, infelizmente), alguns sinais sutis que aparecem durante o sexo podem indicar que há afeto envolvido na jogada.

Publicidade

São sinais que se manifestam através do comportamento do indivíduo durante o ato sexual. Entre esses sinais, podem ser citados os cinco listados a seguir:

1 – A pessoa mantém contato visual durante toda a relação sexual. Costuma significar que ele, além de estar interessado em seu próprio prazer sexual, também quer comunicar seus sentimentos ao parceiro.

2 - O beijo costuma ser uma demonstração de carinho - beijos frequentes e intensos durante a "transa" podem ser sinal de que há sentimento além de apenas a satisfação do desejo sexual que o ato sexual proporciona mesmo na ausência de amor.

3 - Abertura ao diálogo durante o sexo, interesse em satisfazer os desejos do parceiro e esforço para que este também consiga alcançar o clímax em vez de pensar apenas em si mesmo e no próprio prazer podem muito bem ser sinais de que alguém se importa muito com a pessoa com quem está fazendo sexo. Embora não dê para ter certeza, isso pode até ser amor..

Publicidade

4 - Segurar a mão do parceiro durante o ato é outra atitude que parece indicar uma ligação sentimental em vez de apenas satisfação do desejo sexual.

5 - Querer ficar perto do outro depois da relação sexual, seja ficando abraçadinhos, seja conversando ou realizando algum outro programa juntos, também pode ser um exemplo de proximidade sentimental, significando que há mais coisas ligando-os do que só a atração sexual mútua existente entre os dois.