Entre os erros cometidos por um casal que podem arruinar seu relacionamento romântico, estão os erros cometidos no #sexo. Mesmo que o sexo não seja o centro da relação e que haja nela muito, muito mais do que só as "transas", é incontornável o fato de que dificuldades na cama podem colocar muita pressão sobre o relacionamento. Felizmente, as pessoas podem aprender com seus erros, com os erros alheios e com as dicas dos outros. Assim, muitos dos erros que assombram as vidas sexuais dos #casais podem ser prevenidos e corrigidos, especialmente se houver boa vontade e devotamento ao parceiro..

Publicidade

Publicidade

Entre os problemas a combater na vida sexual, destacam-se estes cinco obstáculos:

1 - Rotina

Cair na rotina é uma das piores coisas que podem acontecer em um relacionamento, especialmente (mas não somente) na cama. Por isso, os especialistas em sexualidade alertam para a necessidade de alguma criatividade especialmente se a relação já dura há algum tempo.

2 - Falta de diálogo

Segundo os sexólogos, o diálogo aberto e franco é necessário para que os parceiros entendam as necessidades um do outro e também as insatisfações que possa haver no relacionamento. A falta de diálogo vai, aos poucos, asfixiando o relacionamento - dentro e fora das quatro paredes do quarto.

3 - Falta de tempo

É até compreensível que, com a vida agitada que a maior parte das pessoas leva, o relacionamento sofra e o parceiro acabe sendo relegado para o fundo da lista de prioridades.

Publicidade

Não é preciso, porém, dizer que o relacionamento desse jeito pode sofrer muito. Uma das facetas desse problema dá-se justamente na hora do sexo. Já é um avanço se, pelo menos nos momentos de intimidade, os parceiros puderem tratar um ao outro como o que há de mais importante no mundo. Se possível, deixando de lado celulares, tablets e outras fontes de distração.

4 - Falta de iniciativa

A falta de iniciativa de um dos parceiros também é outro obstáculo que costuma surgir nos relacionamentos amorosos. Se sempre é a mesma pessoa que tem que tomar a iniciativa, isso se torna uma tarefa, uma obrigação, um peso. Por isso, talvez seja o caso de o parceiro mais tímido ou contido pensar se, às vezes, não deveria ser ele a tomar a iniciativa na relação. É um jeito de sair da rotina e deixar claro ao companheiro que ele é desejado.

5 - Cobranças

Cobranças costumam ser antipáticas em qualquer ambiente e, certamente, não é a melhor maneira de um casal resolver seus problemas sexuais. É danoso para a autoestima do parceiro cobrado e fere a ligação afetiva que (espera-se) existe entre os dois. A relação corre o risco de entrar em colapso. Por outro lado, ignorados, os problemas tendem a se acumular e a aumentar de tamanho e grau de complexidade. Por isso mesmo, o melhor é conversar de forma calma e franca sobre insatisfações e sobre o que o casal pode fazer para entrar na mesma sintonia e tornar o sexo prazeroso para ambos.