É muito difícil ler o coração humano ou saber o que o futuro guarda para as pessoas. Milhares de "casais perfeitos" acabaram se separando, às vezes, encontrando destinos trágicos. Ainda assim, alguns indícios parecem ser bastante úteis para que uma pessoa tente descobrir se está apaixonada pela pessoa certa. Entre eles, podem ser mencionados os cinco listados a seguir:

1 - Há mais ligando-os do que atração física

A beleza não dura para sempre. Além da atração física, é bom que haja uma comunhão intelectual e emocional entre os parceiros - esses liames são muito mais duradouros.

2 - Os parceiros não ficam exigindo a perfeição um do outro

Seres humanos são falíveis e exigir de um deles a perfeição é o caminho para decepções, aborrecimentos e ressentimentos, que, pouco a pouco, vão minando o #Relacionamento.

Publicidade
Publicidade

Tolerância é importante.

3 - Os dois sabem admitir seus erros

Seres humanos são falíveis e tentar se apresentar a outro ser humano, especialmente alguém com quem se tem convívio próximo, como alguém que nunca erra, é caminho para brigas que vão se sucedendo e ressentimentos que vão se acumulando. Poucas pessoas são tão antipáticas quanto aquela que nunca admite seus erros.

4 - Eles gostam de fazer coisas junta

O estilo do casal - caseiro, intelectual, festeiro, etc. - importa menos do que o faro de gostarem de fazer coisas juntos. Nada impede que cada um possua também seus próprios interesses e tenha seu próprio espaço e um tempo para si - é até saudável -, mas se não há muito que gostem de fazer juntos e um sempre precisa arrastar o outro para que eles possam fazer algo como um casal, é mau sinal.

Publicidade

5 - Há admiração mútua entre os dois

Se há admiração mútua entre os parceiros - se eles são capazes de reconhecer as boas qualidades um do outro -, é ótimo sinal. Significa que eles sabem que há boas razões para o desejo de estar com o outro e para lutar para que o relacionamento dê certo. Também é mais fácil fazer concessões a alguém que se admira do que a alguém em quem não se enxerga nenhuma qualidade – e um relacionamento maduro é um exercício em concessões mútuas. #sinais