Por mais engenhosos que os corpos humanos sejam e por mais maravilhosa que seja a vida, não é difícil chegar à conclusão, depois de pensar no assunto por algum tempo, de que há muita nojeira envolvida nas funções biológicas do corpo humano. As pessoas convivem razoavelmente com as nojeiras de seus próprios corpos, mas conviver com as dos outros é complicado - por isso, há uma série de tabus e regras para manter um véu diante do desempenho das necessidades fisiológicas das pessoas. Interessantemente, porém, com o aprofundamento da intimidade, muitos casais passam a ligar muito menos para isso. Entre as nojeiras que muitos casais fazem juntos, estão as seguintes:

1 - Procurar cravos e espinhas no corpo do parceiro e espremê-los.

Publicidade
Publicidade

Um ajuda o outro, procurando cravos e espinhas e espremendo-os. Não é o tipo de coisa que se costume fazer por qualquer pessoa.

2 - Lamber o rosto do parceiro

Há quem lamba o rosto do parceiro, e não (apenas)no sexo. Se outra pessoa vir, provavelmente achará estranho. É como ter um cachorrinho bípede.

3 - Ajudar o parceiro a vomitar depois do porre

Às vezes, quando o parceiro exagera no consumo do álcool, é necessário ajudá-lo a pôr para fora o que bebeu. Não é uma cena bonita, mas tem um quê de romantismo - parceiros o tempo todo, até na hora do vômito.

4 - Compartilhar as flatulências

Depois de algum tempo de convivência íntima, muitas pessoas deixam de segurar os gases quando perto do parceiro.

5 - Usar a escova de dentes do parceiro

A tolerância com esse tipo de coisa varia radicalmente de indivíduo para indivíduo, mas indivíduos que se beijam na boca e fazem sexo juntos, provavelmente, não têm muita razão para ficar de frescura quando se trata das escovas de dentes - já fazem coisa bem pior juntos.

Publicidade

E, "se juntar as escovas" é um símbolo de intimidade, quanto mais misturá-las e usar uma ou a outra indiferentemente. Médicos e dentistas, porém, poderão discordar da sabedoria desse procedimento.

6 - Compartilhar o banheiro

Depois de um tempo, para muitos, passa a fazer sentido, tomar banho enquanto o parceiro está usando o vaso e vice-versa. #Casal #coisas