O #medo é um sinal que avisa o indivíduo de que ele está ou pode estar diante de algum tipo de perigo. Assim sendo, não é exatamente espantoso que grupos humanos expostos a situações parecidas tenham, apesar de suas diferenças individuais, alguns medos em comum. Como ensinava Sócrates, conhecer a si mesmo é algo essencial. E, muitas vezes, analisar os próprios medos honestamente e confrontá-los é o caminho para descobrir que, como disse o presidente americano Franklin Delano Roosevelt em seu discurso de posse em 1933, "não há nada a temer além do próprio medo". O pior é que muitos desses medos não se prestam à discussão por poderem ser embaraçosos para quem os admite.

Publicidade
Publicidade

As mulheres, como outros grupos, também têm seus medos específicos e secretos. Entre os medos mais comuns entre as mulheres que elas não revelam estão os seis listados a seguir:

1 – O envelhecimento

As mudanças físicas e psicológicas associadas ao envelhecimento certamente assustam as pessoas, mas as mulheres, talvez por razões culturais, sentem mais o peso dessa (ainda inescapável) condição humana do que os homens.

Como dizem, envelhecer pode ser chato, mas é melhor do que morrer. E a passagem do tempo e as novas experiências são essenciais para o desenvolvimento da personalidade. Pelo menos, aniversários - para quem não gosta deles - são males previsíveis.

2 – Roupas que não cabem mais

Por mais que a #Mulher tenha feito paz com seu corpo, ainda assim é incômodo quando uma roupa deixa de servir.

Publicidade

Para a maior parte delas, o botão que se recusa a fechar e a calça que se recusa a servir nela são sinais de terreno perdido na corrida contra a balança.

3 – Perder a melhor amiga para um cara

Há um monte de amizades entre mulheres que mais parecem casamentos, tais os graus de proximidade e amizade entre as envolvidas. Não chega a espantar que o medo de que a amiga acabe trocando-a por um namorado, tornando-se menos disponível à medida que o relacionamento romântico vai se aprofundando, seja forte nesses casos. É natural que relacionamentos como namoro, casamento, etc. vão se impondo e a amizade, por mais profunda que seja, ceda um pouco de espaço.

4 – Gravidez indesejada

Não é preciso explicar por que razão a gravidez é um divisor de águas na vida para o qual nem todos se sentem preparados. Outro motivo para a mulher ser cuidadosa em sua vida sexual e lançar mão de métodos anticoncepcionais.

5 – Desprezo da família do namorado

Não, o namoro não é com eles e ela não quer casar com eles - ainda assim, a mulher não se engana: um relacionamento ruim com os familiares do namorado pode estragar a relação ou, no mínimo, torná-la turbulenta.

Publicidade

6– Acabar sozinha e infeliz

Para muitas mulheres, não importa quão bem-sucedidas e admiradas elas possam ser, a vida não está completa se elas não tiverem alguém com quem compartilhá-la. Por isso, o medo de nunca conseguir achar o homem certo pode ser arrasador. Muitas acabam, na busca por um companheiro, envolvendo-se com os homens errados ou se mostrando muito vulneráveis e sofrendo a infelicidade que procuravam evitar. #coisas