O cuidado com a beleza é algo extremamente importante para a maioria das mulheres. Ter um corpo saudável e bonito é uma busca constante da sociedade moderna. No entanto, também é muito importante cuidar da região íntima e, mesmo com o acesso à informação, muitas mulheres erram com o cuidado com a vagina.

Além do aspecto de higiene, os cuidados com o órgão genital vão muito mais além, sendo a #Saúde o seu principal foco. Ao invés de ajudar, alguns produtos usados de maneira errada ou de forma excessiva podem prejudicar e favorecer a proliferação de bactérias indesejáveis, evoluindo para alguma infecção.

Esse artigo aponta alguns costumes errados das #mulheres e mostra que elas deveriam abolir para uma melhor saúde da vagina.

Publicidade
Publicidade

Uso de absorventes diários

Apesar do nome, esse tipo de absorvente não deve ser usado todos os dias. Ele deve ser usado apenas no final do período menstrual, quando os comuns acabam sendo mais desconfortáveis. O uso diário pode ocasionar uma proliferação maior de fungos que podem acarretar infecções.

Tentar se livrar do cheiro da vagina

A vagina tem um cheiro característico e isso é algo normal. A preocupação somente deve acontecer se a região apresentar um cheiro forte que venha acompanhado de ardência e coceira.

Tentar acabar com o corrimento

Não se deve ficar paranoica com esse assunto, pois isso é algo absolutamente normal e todas as mulheres têm, o que vai variar é a intensidade de cada uma. Essa secreção também sofre variação conforme a fase do ciclo menstrual.

Fazer ducha vaginal

Se você tem esse costume é melhor parar, pois esse tipo de procedimento é prejudicial.

Publicidade

O melhor é fazer uso de sabonetes neutros e lavar normalmente com água.

Evite desodorantes e perfumes para essa região

Usar esses produtos podem ocasionar uma alteração no pH da vagina e ainda provocar sérias alergias, o que seria bem incômodo nesta área do corpo.

Uso de roupas apertadas e tecidos errados

O ideal é sempre usar calcinhas que tenham o fundo de algodão e peças com esse tipo de tecido, pois a vagina também precisa respirar. Para as pessoas que possuem problemas com umidade e fungos, dormir sem calcinha auxilia a melhorar esses inconvenientes.

Não culpe sua vagina pelas infecções de urina

Não culpe sua vagina se você tem esse tipo de problema. Quando se tem uma vida sexual ativa, a possibilidade de que isso aconteça aumenta. O motivo é que a prática sexual facilita que as bactérias subam pela uretra e provoquem a infecção urinária. Alguns especialistas aconselham urinar depois da relação sexual para ajudar a evitar esse problema. #Curiosidades