De acordo com uma pesquisa da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos da América, quase oito em cada dez mulheres fingiram o orgasmo, mais do que uma vez. Quando os psicólogos realizaram seu estudo, eles tiveram várias respostas para isso acontecer. As #mulheres deram um total de 143 razões para fingirem na cama. Foram testados 1600 homens e mulheres e o objetivo do estudo seria o de ajudar terapeutas de casais, na resolução dos problemas que estes passam.

É sempre uma das maiores dúvidas que fica entre os casais. Afinal, qual dos dois finge mais? Segundo esta nova pesquisa, seriam as mulheres, que admitiram fingir na hora do #sexo e até justificaram as razões para o fazerem.

Publicidade
Publicidade

Os psicólogos que fizeram este estudo ficaram surpresos com os resultados, que dá 80% das mulheres fingindo na cama, mas especialmente se surpreenderam com a diversidade das explicações.

São 143 as respostas diferentes que as mulheres testadas deram durante o peculiar estudo. Enquanto os homens justificaram que fingiam orgasmos por causa de insegurança, as mulheres foram bem mais expressivas.

Por que fingem as mulheres?

As respostas são as mais variadas e vão desde estarem aborrecidas durante o ato sexual, até gostarem de praticar as habilidades de atuação. Mais de 30% das mulheres disseram que fingiam o orgasmo, [VIDEO] porque achavam que era o normal e que seria o esperado durante o relacionamento.

Porém, entre as 143 razões, existem algumas mais repetidas do que outras. Assim, a maioria das mulheres revelaram como causas o cansaço, o excesso de bebida, a pressa ou até, uma das mais hilariantes: por estarem com medo que a mãe chegasse em casa.

Publicidade

Várias mulheres teriam admitido que, no final de um dia de trabalho, nem sempre existe a vontade para o sexo e, por isso, acabavam simulando o #orgasmo, para apressarem o final do ato. Na verdade, mais de metade das mulheres que participaram neste estudo, disseram que fazem isso regularmente.

Os homens também enganam

O estudo não prova que fingir um orgasmo é um exclusivo feminino. Os homens também fingem, mas alegam, em sua defesa, que o fazem por insegurança. No geral, 64% dos homens e mulheres têm fingido o clímax. O professor Omri Gillath, co-autor do estudo, disse: "Fingir orgasmos está associado com disfunção sexual e problemas conjugais. Nossas descobertas podem ajudar os clínicos a adaptar melhor cada terapia ".

Nas redes sociais, os comentários não demoraram e existem ainda justificativas mais provocativas. Algumas mulheres culpam mesmo os homens de serem "incompetentes" e que são eles os "culpados" por elas fingirem, enquanto outras se revelam mais bem-humoradas, dizendo que "por vezes, há que apressar as coisas, por uma boa noite de sono" pela frente.

E o leitor, o que pensa sobre isto? Deixe seu comentário!