Todo mundo sabe o quanto as crianças são criativas e que em determinada idade têm o seu amigo imaginário. Também sabemos que essa criatividade toda faz com que criem histórias mirabolantes. Mas será que são mesmo criações? Quem garante que, quando elas dizem "ver" alguma pessoa elas não estão falando a verdade?

O sobrenatural sempre atrai a curiosidade das pessoas, mas em algum momento, também assusta. Principalmente quando alguém diz ter visto um fantasma ou um espírito. Dizem que cães conseguem enxergar espíritos e que por isso, em determinados momentos, eles latem muito e e ficam olhando fixamente...como se estivessem olhando para alguém.

Publicidade
Publicidade

Já notou isso? Dizem também que crianças, até uma determinada idade, se bem lembro até os 7 anos, conseguem também sentir a presença de alguém que já se foi (e não falo de alguém que foi embora, e sim de alguém que já desencarnou) e que muitas vezes, conseguem ver esses espíritos.

Pois bem, no site Reddit alguns pais contaram sobre algumas situações inusitadas (e apavorantes) que viveram com seus filhos, em algum momento em que eles contaram sobre outras pessoas presentes no ambiente em que, aparentemente, estavam somente os dois.

Quer ver? (Imagens ilustrativas)

Caso 1: o garotinho do ventilador

Um pai contou que ao ouvir, pela segunda vez, a batida da porta do quarto da filha e ela não ter aparecido no do casal para dormir junto com eles (coisa que ela fazia eventualmente) foi ver o que estava acontecendo.

Publicidade

Ele disse que perguntou por que ela havia saído da cama e ela respondeu que estava tentando dormir mas que "ele não a deixava em paz. Disse que "ele" continuava conversando e fazendo perguntas. "Ele? Quem é ele?" perguntou o pai. E ela respondeu: "O garotinha que estava no meu quarto". O pai então disse que havia sido um sonho e que não havia nenhum menino no quarto dela. Então, para surpresa do pai, ela responde: "Eu sei, ele acabou de sair". O pai, intrigado, perguntou o que o menino estava fazendo lá. E ela respondeu que ele estava pendurado no ventilador de teto e que fazia várias perguntas. O pai perguntou como ele estava pendurado no ventilador de teto. "Com os braços?". Então e menina respondeu: "Não, com uma corda".

Caso 2: atrás de você

O homem contou que o filho dizia ter alguém debaixo da cama, e que ele olhou e disse ao filho: "Volte a dormir, não há debaixo de sua cama". Então o filho disse a ele: "Eu sei, ele está atrás de você agora".

Caso 3: ele não é amigo

Um pai contou que conversavam em casa, em família, aleatoriamente, quando de repente a sua filha disse: "São todos nossos amigos, só o homem que rasteja e que fica ao lado da minha cama, que não".

Publicidade

Caso 4: as pessoas do armário

A mãe conta que enquanto colocava a filha, de dois anos, na cama, ela perguntou "Quem são?". A mulher, intrigada, perguntou "quem são o quê". E a menina: "As pessoas que ficam falando comigo no meu armário, quem são?"

Isso tudo pode parecer muito assustador, estranho, mas tem gente que jura que já viu ou que costuma ver espíritos, #fantasmas, seja qual for o nome que você queira dar.

Você já teve alguma experiência do tipo? Conte pra gente.

Leia também:

Assustador: pequenos contos que vão te deixar de 'cabelo em pé'

Os nomes mais esquisitos e engraçados que pais deram aos filhos #medo #Assombração