Foi publicado um estudo muito interessante recentemente no National Bureau of Economic Research, que afirma que as pessoas que decidem se casar com seus melhores amigos são as mais felizes. Fato este muito curioso, pois muitos não pensam nesta possibilidade, em especial quando existe uma amizade verdadeira e o medo de estragá-la é muito grande.

Entre os casais que participaram da pesquisa e que afirmaram serem casados com cônjuges, os quais eram seus melhores amigos, a taxa de satisfação que eles tinham com a sua vida a dois foi muito mais elevada do que entre parceiros que não eram muito amigáveis. Entenda melhor como foi o resultado do estudo e tire suas dúvidas sobre este assunto:

O verdadeiro casamento feliz

Para descobrirem tal curiosidade entre os casais que decidiram se unir com cônjuges considerados ‘melhores amigos’, os pesquisadores levaram em conta a comparação que incluía dados como a idade dos participantes, renda familiar, saúde e gênero.

Publicidade
Publicidade

Ou seja, foi uma pesquisa detalhada sobre o assunto e o porquê deles terem chegado a conclusão de que se casar com um amigo faz muito bem para a saúde e traz maior felicidade.

Eles descobriram também que o benefício que uma #Mulher tem ao ter o seu amigo como esposo são muito maiores do que para os homens – que se casam com suas melhores amigas. Por outro lado, elas são menos corajosas na hora de assumirem terem se casado com um amigo, fato este curioso que os pesquisadores concluíram que ocorre porque elas possuem muitas amizades femininas, enquanto os homens possuem menos.

A felicidade através da união

Shaw Griver e John F. Helliwell são os pesquisadores que decidiram fazer um estudo sobre a relação entre o #Casamento e a felicidade. Como conclusão, eles descobriram que esse tipo de união, o matrimônio, está ligado diretamente ao aumento da felicidade da vida das pessoas.

Publicidade

Esse aumento ocorre mesmo em tempos mais difíceis e complicados da vida de alguém, como, por exemplo, na meia-idade.

Segundo Shaw e John, o que eles descobriram não foi especificamente que os velhinhos casados são incrivelmente felizes, mas que, de alguma forma, são um pouco mais felizes do que os solteiros.

Outra comprovação interessante de todo o estudo foi que, as pessoas que são naturalmente felizes, são mais propensas a encontrarem sua alma gêmea e tem como prioridade se casarem. E também que o matrimônio pode trazer uma satisfação muito grande para a vida de uma pessoa. Será mesmo? E você, o que acha disso? #Relacionamentos