Quando o assunto é intimidade, logo pensamos em algo relacionado à hora H. Isso realmente é um momento recheado de intimidades, porém nem sempre a intimidade se resume no ato íntimo.

Intimidade também é proximidade, carinho, amor, convivência, confiança e respeito e, mesmo que durante o ato, certamente nos tornamos fisicamente mais próximos, mas mentalmente podemos estar muito longe.

A verdadeira intimidade também envolve o conhecimento, fazendo com que você e seu par se tornem extremamente mais próximos. Não é complicado para os homens e mulheres se tornarem mais íntimos de seu par, porém precisa de esforço e atitude.

Pensando nisso, reunimos algumas coisas que certamente torna o casal mais íntimo do que a hora H, acompanhe: #Comportamento #Relacionamento

  • Aquele mal estar que vem junto com a gripe e resfriado pode oferecer momentos em que antes o casal não vivia. Essa intimidade passa a ser compartilhada entre eles, principalmente se o casal estiver morando junto.
  • O casal decide ir viajar junto, idealizando perfeitamente como será essa viagem dos sonhos, porém, o que eles não contavam é com os imprevistos que podem acontecer. No percurso alguém pode ficar enjoado, suar e vomitar, sem contar que é impossível manter a aparência linda ficando aproximadamente, por exemplo, por horas dentro de um avião.
  • Durante o namoro o casal briga e cada um vai para um lado, se reconciliando logo em seguida, porém quando estão morando juntos você acaba presenciando níveis de angustia e raiva que antes você nunca tinha presenciado.
  • Durante o namoro você procurar estar sempre linda, cheirosa e bem arrumada. Depois da união estável seu parceiro pode te surpreender saindo do banho, toda descabelada e com a depilação atrasada.
  • Mesmo ele adorando ver você usando aquele lingerie sexy e provocante, ele pode estranhar ao ver a mesma pendurada no banheiro ou no varal.
  • Você sempre se mostrou uma mulher extremamente vaidosa, mas depois que decidiram ir morar juntos ele passou a te ver usando roupas básicas, cabelos desarrumado e cheirando suor, graças à correria do dia a dia.
  • Antes vocês costumavam dormir junto somente por algumas noites por semana, no motel ou depois do amor. Quando o casal vai morar junto à intimidade fica maior, pois algumas coisas que antes não eram compartilhadas passam a ser presenciadas constantemente, como roncos e furtos de cobertores.
  • Seu parceiro possui uma barba sexy e linda, mas isso realmente vai te surpreender no momento em que notar a quantidade excessiva de pelos que você vai encontrar no chão e no sabonete.
  • O que você certamente não presenciou durante o namoro, vai ser muito comum quando o casal passa a morar junto. Um desarranjo intestinal, dor de barriga ou o conhecido “piriri” é algo que não dá para esconder de alguém que mora na mesma casa. Alguns truques podem ser usados para abafar o barulho ou cheiro, mas é impossível disfarçar totalmente a ponto de fazer com que seu parceiro não note o momento negativo que você está passando.