Ter um filho é uma responsabilidade enorme que, infelizmente, muitos pais acabam não tendo. O ser humano tem a capacidade incrível de se adaptar a certas circunstâncias da vida. Nesse momento, ele aprende o que é bom e ruim, além de identificar coisas perigosas que poderiam colocar sua vida em risco.

Mas uma criança ainda é um ser indefeso que precisa da proteção e dos ensinamentos de um pai. O futuro depende de como as pessoas estão lidando com as coisas do presente, o que acontecer hoje pode determinar seu destino.

As crianças têm o costume de brincar e aprender coisas novas. Nessa fase, alguns desafios têm que ser superados e a ajuda de um adulto faz toda a diferença.

Publicidade
Publicidade

Infelizmente, o ser humano passa por algumas dificuldades em sua vida, e a história que vamos contar agora mostra que a perseverança e #amor fazem toda a diferença na vida de uma pessoa.

Hannah é uma bebê linda e batalhadora, que estava passando por um grave problema de saúde. Ela sofria de uma doença rara chamada linfo-histiocitose hemafogocítica, e acabou precisando urgentemente de um transplante de medula óssea e quimioterapia.

Stephen, pai da criança, disse que o caso dela era tão complicado, que apenas 3 a cada 27 milhões de doadores eram compatíveis. Felizmente, ela conseguiu uma doadora alemã, e através do transplante conseguiu se curar e vive uma vida totalmente normal como a de qualquer criança da sua idade.

Porém, seu pai resolveu fazer algo que chamou a atenção de várias pessoas no mundo inteiro.

Publicidade

Stephen aprendeu que sua filha tinha perdido coisas simples na fase que ficou doente. Por causa disso, resolveu mostrar através de lindas fotografias o quanto a vida é valiosa.

Ele tirou fotos onde mostrava sua filhinha em situações de risco como penhascos, escadas e locais elevados. Todos começaram a questionar o porquê Stephen tirou essas fotografias, dizendo que o pai estava sendo negligente ao colocar sua filha em situações de risco.

Mas, depois de analisaram as imagens e verem a sua explicação, todos entenderam qual era a mensagem que ele queria passar através das imagens. Ele, na verdade, queria alertar as pessoas sobre a importância de ser um doador de medula óssea. Sua filha tinha, aparentemente, pouca chance de conseguir um doador compatível, porém, esse número poderia ser cada vez menor caso mais pessoas se conscientizassem sobre como é importante ser um doador.

O processo é bem mais simples do que parece, e muitos acabam deixando de fazer uma escolha que poderia salvar a vida de várias pessoas. #superação #Doenças