Tem coisas que estão acopladas em alguns utilitários que usamos que nem nos damos conta para que serve. Você já parou para pensar qual é a função daquele pequeno módulo em forma de cilindro que existe nos cabos de carregadores usados em notebooks?

Por que, afinal, o fio dá aquela “engordada [VIDEO]” perto da extremidade do cabo? Se você não tem ideia do que é, fique tranquilo. A maioria dos consumidores também nunca prestou atenção nessa “protuberância”, que também está presente nos fios que liga os aparelhos na tomada.

E se prestou atenção, com certeza imaginou que fosse algo decorativo.

Mas tudo nessa vida têm um porquê, especialmente quando se trata de itens de tecnologia.

Publicidade
Publicidade

E esse componente tem uma finalidade muito importante.

A parte grossa do cabo na verdade tem a denominação técnica de “núcleos de ferrite”. Esse palavrão parece complicar tudo, mas não complica.

Os cilindros, ou núcleos de ferrite são, responsáveis por impedir que bruscas variações e picos nas correntes elétricas que passam pelos cabos impactem no aparelho que está sendo carregado. O mecanismo na realidade evita os carregadores acabem servindo como antenas.

Esse sistema de evitar grandes descargas elétricas por meio de cilindros foi desenvolvido no século XIX pelo físico Mihajlo Pupin.

Dentro do cilindro existe um núcleo integrado por discos ocos de ferrite. E por que? Porque o material é feito de óxido de ferro, dotado de importantes propriedades magnéticas.

Para ficar mais fácil de entender, vamos lembrar que todos os fios metálicos podem em potencial funcionar como uma antena.

Publicidade

Isto significa que eles emitem ou absorvem radiação em volta de si mesmo, exatamente por causa das correntes que passam por eles. Se os benditos cilindros não existissem, a radiação emitida pelos fios poderia gerar interferências em outros equipamentos eletrônicos que por ventura estiverem próximos ao carregador. Isso aconteceria principalmente com caixas de som, que têm condições ainda mais ideais de atuarem como receptores de tal radiação.

Um exemplo desse fenômeno pode ser percebido em momentos que os aparelhos celulares interferem no sinal de outros dispositivos eletrônicos, como rádios. Eles costumam causar um barulho ritmado e bem familiar a adeptos de eletrônicos.

Por isso, de agora em diante, se alguém lhe perguntar a função deste cilindro você já terá condições de responder. É claro que isso não vai acontecer, já que, como dissemos no início, as pessoas raramente reparam na parte mais gordinha [VIDEO] dos cabos de carregadores. #Curiosidade #Curiosidades