Falar do filme “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final” (1991) é lembrar do astro Arnold Schwarzenegger e do jovem John Connor, interpretado por Edward Furlong. Conheça a história do filme e a trajetória de Edward Furlong.

Em “O Exterminador do Futuro”, um ciborgue com inteligência artificial vinha do futuro para alterar o curso da história. No filme, um supercomputador, chamado de Skynet, iria ser criado para a defesa norte-americana, ala ele sairia do controle e acharia que os humanos seriam a ameaça. Por meio de bombas nucleares lançada a seu comando, ele exterminaria toda a raça humana.

Mas, um homem chamado John Connor iria liderar um grupo para lutar contra as máquinas, destruindo a Skynet.

Publicidade
Publicidade

O que ela, obviamente, não podia permitir. Foi então que ela criou um ciborgue, Cyberdyne 101, e o enviou para o passado para matar a mãe de John, antes mesmo de ele nascer, ou seja, impediria o nascimento do líder da resistência.

Mas, a resistência descobre os planos de Skynet, e o tenente Kyle Reese se oferece para ir ao passado, para o ano de 1984, para poder proteger Sarah, a mãe de John Connor. No final do primeiro filme, Sarah grava uma fita para o filho, explicando tudo que ele deveria fazer para que não corresse o risco de existir. [VIDEO]

Na sequência do filme, “O Exterminador 2”, a Skynet, após frustrado o plano para matar Sarah, envia um modelo mais avançado, o androide T-1000, para então matar John Connor (Edward Furlong) quando ainda era um adolescente.

Furlong participou do filme ao lado do astro Arnold Schwarzenegger e ficou mundialmente famoso por sua interpretação. Apesar do enorme sucesso do filme, ele não teve uma carreira bem-sucedida, mesmo participando de alguns outros #Filmes, como “Cemitério Maldito II”, “A Outra História Americana” e “Detroit Rock City”.

Publicidade

Furlong acabou se envolvendo com drogas e, segundo alguns meios de comunicação, chegou a sofrer duas overdoses. O ator também assumiu seu problema com álcool, que, segundo ele, começou a ter o vício ainda muito novo. Em busca de tratamentos, chegou a participar de reuniões do AA ( Alcoólicos Anônimos).

Por conta desses boatos, Furlong não foi mais convidado para interpretar John Connor, perdendo a chance de participar da sequência do “O Exterminador do Futuro 3”, sendo então substituído por Nick Stahi.

Em fevereiro, o ator foi flagrado [VIDEO] por um paparazzo, na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, ao lado da namorada Monica Keena. Segundo o jornal britânico The Daily Mail, ela chegou a acusá-lo de violência doméstica. As fotos recente mostram Edward Furlong totalmente irreconhecível.

Ele foi preso pelo menos duas vezes. Na época em que o paparazzo o fotografou, o ator estava em liberdade condicional. Depois do seu papel em “American History X”, interpretando o irmão de Edward Norton, ele não apareceu mais em filmes reconhecidos.

Publicidade

O ator chegou a conseguiu aparecer em dois capítulos de “CSI New York”, mas nada com muito destaque.

Veja como Edward Forlong está atualmente:

#OExterminadorDoFuturo #Entretenimento