Qual mulher nunca ficou encantada ao ver na TV um conto de fadas daqueles bem românticos? Segundo a terapeuta comportamental, Ramy Arany, este mito de que existe mesmo um príncipe encantado, está no inconsciente feminino de forma natural, seja por influência dessas histórias românticas ou não. E é por isso que essas mulheres sofrem tanto com desilusões amorosas.

Publicidade

Mas e os príncipes, existem ou não?

Pelo que Ramy explica, esses príncipes são a tradução do que uma mulher imagina como sendo o homem dos seus sonhos, perfeito, encantador, mas que não passa de uma ilusão que muitas cultivam em suas mentes.

Publicidade

Por isso, muitas também acabam sofrendo por viverem imaginando que o homem ideal existe de verdade.

Segundo a terapeuta, toda mulher precisa ter a maturidade para pensar que o verdadeiro homem ideal dos sonhos é aquele que tem como objetivo principal sustentar valores, como por exemplo, o seu caráter, que por sinal devem ser compatíveis aos da parceira quando há uma relação. Ela ainda completou a sua teoria revelando que, na verdade, não existem príncipes encantados ou sapos.

Ramy aconselhou também que uma mulher não deve ficar o tempo todo idealizando um parceiro que seja perfeito, ela deve se manter na realidade e com os pés no chão o tempo todo para não se perder em ilusões. Afinal de contas, esses príncipes, só existem mesmo na ficção.

“Quando a mulher se propõe a vencer suas ilusões, pode encontrar o sapo e transformá-lo em príncipe...”, disse ela completando a ideia de que a mulher deve aceitar o homem do jeito que ele é..

Publicidade

E se acontecer o contrário e o príncipe se transformar em um sapo?

Muitas mulheres, até mesmo as mais maduras e experientes, costumam ficar deslumbradas logo quando se apaixonam, deixando, assim, a ansiedade e euforia tomarem conta e, enfim, a ilusão passa a ser criada. De acordo com o que diz Ramy, essas mulheres acabam vislumbrando os seus desejos no homem que julgam ser o seu verdadeiro príncipe, mas depois que o entusiasmo do início do relacionamento vai embora, ela passa a observar tudo o que antes relevava por conta da paixão que sentia.

É neste momento que o príncipe se transforma em um sapo, que é quando a imagem do homem perfeito que uma mulher tinha do seu companheiro é descontruída. Então normalmente, essas mulheres dizem que o companheiro mudou, pois não era daquela maneira quando o conheceu, mas o que aconteceu de verdade foi que a ilusão e o deslumbramento do começo da relação passaram.

A dica da especialista para que uma mulher não se iluda mais dessa forma com os #homens, é sempre começar uma relação já com os pés no chão e observar bem o que o cara tem ou não tem em comum com ela. Ou seja, descubra que tipo de homem ele é e se mantenha na realidade! #amor #Relacionamentos