No dia 17 de dezembro de 1989, nascia o que se tornaria um dos maiores sucessos mundial: “Os Simpsons”. A recém-criada rede Fox lançou o primeiro episódio do desenho em horário nobre, a princípio parecia um desenho normal e até seu nome soava como uma cópia de clássicos como “Os Flintstone” e “Os Jetsons”.

Porém, o desenho precisou de apenas alguns minutos para provar totalmente o contrário. Os personagens eram politicamente incorretos, além de usarem um #Humor irônico que acabou cativando os fãs.

Quinze anos depois, “Os Simpsons” já contavam com mais de 300 episódios, sendo a série animada mais duradora da história. Vencedora de 18 prêmios Emmy, também foi considerada como melhor programa de TV do século 20 no ano de 1999.

Publicidade
Publicidade

O desenho foi transmitido em mais de 70 países contando também com uma grande variedade de livros, revistas e DVDs. Com todo esse sucesso estrondoso, nem parece que a ideia foi criada graças a um pedaço de papel rabiscado em menos de 15 minutos.

No ano de 1985, o produtor James L. Brooks fez um pedido totalmente louco ao cartunista Matt Groening. Brooks queria que ele criasse uma família diferente de todas, que deveria ser maluca e engraçada ao mesmo tempo.

Passaram-se dois anos após o pedido de James, e “Os Simpsons”, finalmente, foram lançados. No início, eram apenas vinhetas com duração de 3 minutos em um programa humorístico da Fox. Os traços eram feios, com animação precária. Mas, no ano de 1989, o desenho acabou ganhando sua própria série e isso fez com que todos os antigos defeitos fossem concertados dando lugar a uma produção típica das animações da época.

Publicidade

Só para ter uma ideia, para animar um único episódio é preciso produzir cerca de 24 mil desenhos, gastando mais de oito meses de trabalho, com um custo de aproximadamente US$ 1 milhão (R$ 3,16 milhões).

Apesar de parecer uma produção cara, o desenho consegue em poucas exibições gerar bem mais do que isso. O sucesso de “Os Simpsons” migrou de um simples esboço para a exibição em diversos países.

A principal razão do sucesso da série são os personagens, cada um deles guarda uma história peculiar e divertida. Como o desenho usa um humor irônico, quanto mais estranhos forem os personagens melhor.

Para entrar na onda, separamos algumas imagens que mostram como seriam alguns personagens dos Simpsons se fossem reais. Confira:

1 – Prefeito Joe Quimby

2 – Ned Flanders

3 – Chefe Wiggum

4 – Homer Simpson

5 – Milhouse Van Houten

6 – Montgomery Burns (Sr. Burns)

7 – Krusty, o palhaço

8 – Ned Flanders

Bônus:

No vídeo abaixo dá para se ter uma ideia de como era o desenho:

#OsSimpsons #Seriados