Quando o assunto é a intimidade do casal, muitos elementos entram em jogo. Manter uma relação amorosa harmônica não é algo simples, principalmente quando precisamos saber quais são as preferências da pessoa que estamos dividindo a intimidade na hora do amor.

Conforme o tempo vai passando e a convivência aumentando, certamente passamos a conhecer melhor o outro e também o nosso próprio corpo, mas infelizmente muitas vezes o companheiro que está ao lado da mulher amada há anos não é capaz de notar algumas coisas que são desagradáveis para ela, principalmente na hora da intimidade.

Um estudo recentemente divulgado pelo “Journal of Sex Research”, revela que os homens conseguem estragar uma noite de amor principalmente quando insistem em se gabar contando o próprio desempenho, muitas mulheres acabam desistindo do #Relacionamento por tais comportamentos parecidos.

Publicidade
Publicidade

Além disso, outros dois comportamentos podem tornar a noite de amor totalmente fracassada, e pensando nisso, reunimos essas duas coisas que as mulheres detestam notar em seu parceiro durante e depois da intimidade, acompanhe e vejam se vocês concordam:

Tempo de duração

O tempo de duração também pode afetar drasticamente o relacionamento, pois o estudo realizado pelo portal Britânico “The Sun”, revelou que muitas mulheres expressam insatisfação com aqueles parceiros rápidos demais, que levam aproximadamente 19 minutos, e apenas 15% das mulheres participantes revelaram preferir um amor mais demorado.

O estudo também mostrou que 89% dos casais que participaram da pesquisa conseguiram conquistar o prazer extremo durante o ato. Os estudiosos também notaram que, metade dos casos, o parceiro que finalmente chegava ao prazer extremo passava a continuar estimulando o seu par, com a intenção de tornar o momento satisfatório para ambos, e não somente para um.

Publicidade

Aquele que só pensa no próprio ego

Os pesquisadores reuniram aproximadamente 810 homens, buscando conhecer quais eram os hábitos íntimos que eles praticavam para oferecer o prazer extremo a sua companheira. Infelizmente os resultados não foram nada satisfatórios, pois a maioria deles demonstraram estar preocupados em garantir a sua própria masculinidade, deixando de lado o prazer da sua companheira.

A pesquisa também revelou que o desempenho masculino pode atingir a autoestima do homem, principalmente se a sua parceira julgar o ato insatisfatório. Já quando eles se saem bem entre quatro paredes, passam a se vangloriar, fazendo com que sua parceira perca totalmente o interesse em ter um futuro encontro com o mesmo. As mulheres participantes da pesquisa contaram que não conseguem se sentir atraídas por homens que contam vantagens com o seu próprio desempenho, afirmando que esse tipo de #Comportamento masculino é totalmente broxante para elas.