Engana-se quem acha que apenas a relação sexual pode salvar um relacionamento, pois assim como ter contato físico, falar sobre #sexo, também pode apimentar a vida a dois e colocar um fogo a mais na intimidade do casal. Mexer com fantasias, sair da rotina e ampliar o repertório, tudo isso só é possível através de muito diálogo e, quanto mais quente ele for, melhores poderão ser os resultados.

Publicidade

Segundo a terapeuta sexual Arlete Gavranic, toda relação sexual, se não tiver um feedback que seja positivo, poderá não voltar a acontecer. A especialista também é coordenadora do curso de pós-graduação de Terapia Sexual do ISEXP (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de sexologia e Medicina Psicossomática) e sabe muito bem sobre o assunto.

Publicidade

Ela diz que quanto mais um casal sensualiza as suas conversas, mais erotização terão em seu relacionamento amoroso.

O sexo verbal é o segredo

Arlete conta que as conversas quentes entre um casal não precisam acontecer apenas somente durante o ato sexual, podem ocorrer também durante a troca de mensagens pelo celular ou através de uma conversa pelo telefone. Em meio a juras de amor e conversas sobre saudades, o casal pode começar a relembrar alguns carinhos, os quais pretendem fazer mais tarde quando estiverem juntos.

Esses tipos de conversas mais picantes, podem fazer com que o outro comece a pensar em sexo em determinado momento quando nem estava pensando nestas coisas e, consequentemente, pode estimular o desejo sexual em ambas as partes..

Publicidade

“Não dá para deitar na cama e esperar que o erotismo e o desejo brotem ‘do nada’...”, comenta a sexóloga. Ela ainda completa dizendo que a sexualidade deve ser alimentada, desse modo, a excitação é facilitada.

O diálogo é tudo

Todo casal que evita determinadas conversas ou que nem fala mais sobre assuntos ligados ao sexo, vai perdendo seus vínculos aos poucos, não criam fantasias e não se comunicam sobre o que gostam ou não, o que desejariam experimentar e, assim, a relação cai na rotina. E é por isso que a Dra. Arlete defende que todo casal deve se expressar falando coisas mais quentes entre eles, colocando o verbo mais sensual para fora e dizendo tudo o que for preciso para deixar a relação cada vez mais fogosa.

Um conselho importante da sexóloga é que o casal troque torpedos com frases interessantes sobre sexo, dizendo como foi bom a noite passada, que deseja repetir tudo novamente, o que mais gostou, fazendo, assim, o parceiro ter certeza do que deve fazer da próxima vez para satisfazer a companheira e vice e versa. Caso não haja esse tipo de diálogo, pode ser que um ou outro fique em dúvida sobre os seus reais sentimentos..

Publicidade

Para os casais que encontram maiores dificuldades em verbalizar sobre sexo, a Dra. Arlete aconselha a fazer isso durante o ato sexual mesmo, enquanto as ideias brotam, ou seja, desse modo também está valendo, segundo ela. Seja através de um olhar ou até mesmo de um sorriso, tudo isso pode ajudar muito a dar um gás a mais na relação. #Relacionamentos #sexo verbal