Nos dias atuais, em meio a tanta informação de formas de prevenção, é muito fácil evitar a gravidez. Porém, há alguns detalhes que podem acontecer durante a relação que podem facilitar o risco de ter um filho, mesmo com os métodos contraceptivos e outros fatores relacionados a esse assunto.

Pensando nisso, criamos vários tópicos com maneiras imprevisíveis que a maioria das pessoas não sabe, mas que podem engravidar uma #Mulher. Leia:

Pensar que por estar menstruada não precisa usar a camisinha

Um dos maiores enganos que a maioria das mulheres comete é achar que por estar menstruada não precisa fazer o uso da camisinha. Na verdade, já foram registrados casos em que a mulher engravida mesmo estando no período da menstruação.

Publicidade
Publicidade

Isso acontece porque o espermatozoide consegue se manter vivo durante alguns dias dentro do corpo da mulher. Assim, ela pode ovular logo após a menstruação acabar, acontecendo a gravidez. Há outros casos em que algumas mulheres ficam férteis mesmo menstruadas. Por isso, camisinha sempre!

Usar a camisinha e o gel para lubrificar

Muitas pessoas optam por usar gel lubrificante durante a relação, mas o que elas não sabem é que pode ser um erro dos grandes quando usado junto com a camisinha. O óleo pode causar fissuras no látex do preservativo, por onde o sêmen masculino pode passar, aumentando muito a chance de a mulher engravidar.

Engravidar mesmo já esperando um filho

Isso é uma situação muito rara, mas que pode, sim, acontecer. É conhecido como superfetação. Nesse caso, a mulher #Grávida consegue ovular mesmo durante a gestação.

Publicidade

Então, se ela tiver relações sem proteção, poderá ficar grávida novamente.

Abrir a camisinha com os dentes

Há muitos homens que pedem para as mulheres fazerem isso, até porque é muito sensual, não é mesmo? Só que o que eles nunca pararam para pensar é que isso pode ser bem arriscado, pois ao rasgar o pacote com os dentes, a mulher pode acabar rasgando o preservativo.

Usar anticoncepcional e tomar antibiótico

O antibiótico possui alguns compostos que acabam anulando o verdadeiro efeito do anticoncepcional. Ele acaba desregulando as funções hormonais, deixando a mulher apta para a reprodução.

Depositar confiança na pílula do dia seguinte

Essa pílula é usada em caso de acidentes, onde as relações aconteceram sem proteção. Porém, as pessoas a usam achando que esse método é infalível, mas não é. Ele acaba não sendo tão confiável assim por apenas diminuir a chance da gravidez. A chance de tudo ocorrer bem é 95%, mas ainda existe um risco de 5%. #Maternidade