Nos últimos tempos, não são só as mulheres que têm se preocupado com a #estética e questões ligadas à aparência e à #Saúde. Os homens estão fazendo questão de se submeter aos tratamentos estéticos e comparecer em consultas médicas, visando uma aparência realmente saudável. Um dos grandes problemas para os representantes masculinos é quando chega a hora de fazer a barba, ou seja, as pessoas dizem que executam todos os procedimentos corretamente, mas, mesmo assim, sempre ocorre algo errado ao se barbear, tais como: pelos que ficam encravados, irritação da pele, entre outras dificuldades. Justamente pensando nesse agravante da estética e até da saúde masculina, a conhecida revista "Men's Health" enumerou 4 sugestões essenciais que evitarão que você faça a barba de modo errado.

Publicidade
Publicidade

Leia você mesmo os conselhos abaixo

  • Raspar no sentido certo: a 1ª “lei” a ser obedecida é que o barbear deve acontecer seguindo sempre o sentido do crescimento dos pelos da região da face e adjacências. Se o ato de fazer a barba ocorrer diferente disso, provavelmente surgirão falhas no crescimento dos pelos ou mesmo ficarão encravados, o que é bastante incômodo. Tanto é assim, que Anthony Rossi, que é médico, confirma que se o homem se escanhoar sempre seguindo a direção de crescimento dos pelos, terá menos chances de apresentar problemas, pois o pelo assim não é forçado a ir em uma direção contrária ao seu crescimento natural.
  • Manutenção da higiene e limpeza dos acessórios: limpeza é fundamental tanto para barbeadores elétricos quanto para lâminas comuns, pois, além da praticidade em se fazer a barba, trata-se de uma questão de saúde. Depois que o #Homem se barbear deve limpar e secar a lâmina de corte ou mesmo trocá-la, por exemplo, quando a fita lubrificante for sumindo ou ficar na cor branca.
  • Limpar cortes eventuais: se ocorrer algum acidente por ocasião de se fazer a barba, você deve limpar imediatamente a região com sabão, água morna e ainda álcool, explica o médico Rossi. Se o corte se deu somente na superfície da pele, um simples pedaço de papel higiênico umedecido sendo pressionado sobre o ferimento deve resolver o caso, o que é útil para coagular o sangue.

Agora se o sangramento tiver continuidade ou o corte pulsar, um especialista médico deve ser procurado, pois provavelmente o homem poderá ter que levar alguns pontos de sutura.

Publicidade

  • Concluir com hidratante: não é incomum que a pele fique irritada ao se terminar de fazer a barba; sendo que, para contornar o quadro em questão, o médico sugere que seja aplicada uma quantidade satisfatória de loção pós-barba hidratante adequada ou que possua uma fórmula “calmante” para a pele em si.

Problemas como foliculite ou infecções mais sérias provocadas geralmente por fungos e até bactérias, necessariamente fazem com que o indivíduo tenha de pedir ajuda a um médico dermatologista.