O grupo LGBT DiverCity situado em Salerno, no sul de Itália, decidiu criar uma versão erótica e #gay de um dos quadros mais famosos do mundo: a Santa Ceia. Depois desta criação, o grupo de origem italiana está gerando muita polêmica no seu país.

Publicidade

No famoso quadro editado pelo grupo italiano é possível observar Jesus ao centro acompanhado pelos seus 12 discípulos. No entanto, o que difere esta versão da versão original do quadro são as roupas que as pessoas que estão retratadas no quadro vestem. Nesta nova versão, tanto Jesus como os seus 12 discípulos aparecem retratados todos nus. Além disso, os 12 discípulos de Jesus também são retratados a fazerem sexo das mais diversas formas e a se beijarem [VIDEO] de uma forma íntima, como muitas pessoas que já viram esta nova versão consideram..

Publicidade

O motivo desta nova criação deste quadro de Leonardo Da Vinci está relacionado com a divulgação de um evento protagonizado pela associação LGBT DiverCity que iria ocorrer quinta-feira santa.

Os políticos mais conservadores de Itália estão tentando censurar este novo quadro e também estão tentando cancelar o evento criado pela associação italiana. Um dos representantes do Partido II Popolo della Famiglia, Raffaele Adinolfi, decidiu fazer uma declaração dirigida ao povo italiano onde diz que todas as pessoas deste partido apenas conseguem expressar a indignação e revolta que sentem e convidam todos os habitantes de Salerno a demonstrarem também a indignação que sentem, sejam crentes ou não-crentes. Este partido a que Raffaele Adinolfi pertence se opõe ao uso de barrigas de aluguer, ao casamento de pessoas do mesmo sexo, ao recurso ao aborto e também se opõe ao divórcio..

Publicidade

A festa criada pela associação LGBT DiverCity que utilizou esta nova versão do quadro Santa Ceia divulgou que a "Divercity Easter Edition" (nome da festa) tem como lema principal que não são blasfemos, mas sim alternativos. Raffaele Adinolfi também comentou esta descrição da festa afirmando que a imagem é ofensiva e só pode ser considerada alternativa num aspeto - "o bom gosto". O representante deste partido considerado por muitas pessoas como um dos mais conservadores de Itália divulgou que seria benéfico para toda a população de Salerno que os representantes e dirigentes do evento de quinta-feira santa conseguissem cancelar esta festa, demonstrando respeito a toda a população.

Um dos representantes e organizadores da DiverCity respondeu ao representante do partido italiano através do Facebook onde publicou que respeitam a opinião de todos, mas que apenas querem reforçar a sua liberdade para conseguirem se divertir e viver mais felizes.

#2017