Desde os primórdios da humanidade já existiam histórias de forças espirituais que assombravam as pessoas. Várias crenças acreditavam que pessoas poderiam ser possuídas por forças sobrenaturais. Na igreja católica, por exemplo, existiam padres que conseguiam expulsar os tais demônios do corpo de alguém. O #exorcismo sempre foi objeto de mística mesmo por pessoas que são totalmente incrédulas a prática.

Ainda hoje a atividade é bastante procurada por pessoas do mundo inteiro. No Brasil, a função de ‘retirar os demônios’ das pessoas fica mais a cargo dos pastores de igrejas evangélicas, especialmente as neopentecostais, do que dos próprios padres.

Publicidade
Publicidade

Em outros países como a Tailândia a missão é dada aos líderes de comunidades, que são chamados curandeiros.

E uma tradição em especial mostra quanto o povo tailandês leva a sério o assunto. É possível ver em frente a várias residências que existem uma espécie de vaso de cerâmica alojados em lugares bem protegidos, que de acordo com a crença local seria o lugar onde os espíritos de pessoas que moravam nestas casas descansam. Os objetos são sagrados para o povo daquela região, eles acreditam que todas as energias das pessoas mortas ficam mantidas ali.

Em vídeo que tem assustado as pessoas do mundo inteiro, é possível ver claramente, que enquanto a mulher é exorcizada, uma pessoa usa um martelo para quebrar um desses vasos. No momento que o homem quebra o recipiente que seria de um ex-morador da residência, cerca de seis homens usam todas as suas forças para conseguirem manter a mulher estável.

Publicidade

Nas imagens do vídeo feito por curiosos que assistiam à cena e divulgado pelo site do jornal britânico, The Sun, existem algumas pessoas fazendo o trabalho de exorcizar a tailandesa. Como o país é politeísta, ou seja não existe uma divindade única, como no caso do Brasil e outros países cristãos, muçulmanos e judaicos, o trabalho árduo é feito por curandeiros, que são pessoas que têm alguma posição respeitada na comunidade.

Os amigos mais próximos da ‘possuída’ foram unânimes em salientar que ela não era nem de longe a mesma pessoa depois de ter mudado para a atual casa. A moça que costumava ter uma vida pacata, começou a agir de maneira rebelde e estranha. No último ataque, porém, ela precisou de ajuda, já que começou a agredir as pessoas de maneira gratuita, desferindo palavras de baixo calão a quem quer que ficasse por perto.

No vídeo, pode-se ver a mulher dizendo frases sem qualquer sentido, ela alega que não se lembra de nada disso. #Espírito #Mulher possuída